sexta-feira, 20 de abril de 2012

"GERINGONÇA"

Este governo funciona como uma geringonça,
cujas peças não engrenam no lugar certo
cada uma para seu lado, sem controle, balança,
sem comparação aos pregadores no deserto?

O primeiro-ministro, apregoa optimismo,
o ministro das Finanças, duvidosa realidade
a ministra da Justiça, mais realista, deixa aviso,
o Presidente da República, sempre sem novidade!

Ficámos sem a alta velocidade,
e sem os subsídios de férias e de natal
Dava para parar durante treze anos à vontade
infelizmente, a geringonça funciona em Portugal!

8 comentários:

  1. Bom Dia meu amiguinho!!!
    Vim aqui desejar-lhe uma sexta-feira de muitas bençãos!
    Abraços de sua amiguinha Aninha *-*

    ResponderEliminar
  2. Só nos falta mesmo trabalhar e ter que pagar por isso. (cala-te boca, não dês ideias). Grrrrrrr.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Mesmo assim, pagando para trabalhar, as empresas piravam-se à mesma!
    O Zé, mete-se a roubar, que é esse o exemplo que nos dão e só me calarei quando for amordaçado por uma ditadura!

    ResponderEliminar
  4. Enquanto o Passos Coelho vai a Londres e diz que o líder da U.G.T. é como a pastilha elástica, usa-se e deita-se fora, o Ministro das Finanças vai ao F.M.I. botar faladura e entre outras aleivosías diz que os Portugueses compreendem e aceitam os sacrifícios, que grandes sacanas me saíram, aceitar temos que aceitar, foi imposto ninguém nos perguntou se estávamos de acordo, agora compreender? quando tiram aos trabalhadores e reformados e deixam de fora o capital e os politicos? vão mas é dar banho ao cão.
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  5. meu amigo

    hoje vim deixar um beijinho e poesia




    Tocando ao piano em parceria
    Sinto o piano, cansado da vida
    Piano velho, num canto da sala
    Piano que chora, quando lhe tocamos...

    Porque o som das suas teclas
    Brancas e pretas bem definidas
    Sentem os anos e sentem a dor
    Quando tocamos e nos delíciamos...

    E este piano que pode ser
    Piano de cauda ou piano vertical
    E mesmo cansado nos deixa tocar
    E deixa fechar os olhos e escutar...

    E com muito carinho afagamos
    As suas oitenta e oito teclas
    Teclas de dó, ré, mi, fá, sol, lá, si...
    Teclas de uma vida, cheia de luz...

    E os nossos dedos percorram as teclas
    Brancas e pretas, pretas e brancas
    E assim em parceria tocamos
    E deixamos o nosso sonho voltar!...


    LILI LARANJO

    ResponderEliminar
  6. Querido Padrinho..
    Estou com saudades daquelas lindas paisagens que enviava para mim de Portugal.
    Eu guardei todos seus email tenho um que vejo sempre onde tem muitos lugares mostrando os encantos do seu Pais.
    Linda noite um feliz final de semana beijos no coração.
    Sua afilhada..Evanir.

    ResponderEliminar
  7. Aqui também é uma geringonça danada...abraços de bom sábado pra ti amigo.

    ResponderEliminar
  8. Amigo segundo Eça de Queirós quando escreveu o livro AS FARPAS havia no mundo dois países em risco de desaparecerem do mapa. Portugal e a Grécia. Uma triste realidade que o 25 de Abril tentou mudar mas que parece não ter conseguido.
    Um abraço e bom Domingo

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010