quarta-feira, 30 de novembro de 2011

"PENA DE MORTE"

PARA 2012, ORÇAMENTO DO ESTADO
Apresentado no Parlamento
"Em pena de morte transformado"
Pela maioria  arrogante
Diziam  que tinha sido abolida
Afinal não era verdade
Pela maioria não esquecida
Sempre mostraram sua vontade
Foi, hoje, ao povo devolvida
Este,  governo, transformou 
Sua  teoria em realidade
Aquela que em Portugal matou
Que pretende acabar com a liberdade
Que, hoje, no parlamento,  a  maioria aprovou.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

O AVÔ É O MAIOR!

A família esteva à mesa a almoçar.
Os garotos resolveram gozar com o avô
e meteram-lhe um viagra no café.
Passados uns minutos, o avô levanta-se 
e anuncia que precisa de ir ao WC.
Quando regressa, passados uns minutos,
tem as calças ensopadas. . .
- Que é que aconteceu, avô?
- Sinceramente, não faço ideia. . . 
- Precisei de fazer xixi. tirei a pila para fora,  
vi que  não era a minha
e voltei a pô-la para dentro.

sábado, 26 de novembro de 2011

NOVA POLÍTICA !

ANTES DA POSSE

O nosso partido cumpre o que promete.
Só os tolos podem crer que
não lutaremos contra a corrupção.
Porque, se há algo certo para nós, é que
a honestidade e a transparência são fundamentais.
para alcançar os nossos ideais.
Mostraremos que é uma grande estupidez crer que
as máfias continuarão no governo, como sempre.
Asseguramos sem dúvida que
a justiça social será o alvo da nossa ação.
Apesar disso, há idiotas que imaginam que
se possa governar com as manchas da velha política.
Quando assumirmos o poder, faremos tudo para que
se termine com os marajás e as negociatas.
Não permitiremos de nenhum modo que
as nossas crianças morram de fome.
Cumpriremos os nossos propósitos mesmo que
os recursos económicos do país se esgotem.
Exerceremos o poder até que
Compreendam que
Somos a nova política.

DEPOIS DA POSSE
BASTA LER O MESMO TEXTO,  DE BAIXO PARA CIMA.
Autor desconhecido.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

DOS 20 AOS 30:

CAÇAS MILITARES

Sempre a postos 7 dias por semana.
Ataca qualquer objectivo
Capaz de executar várias missões
mesmo quando separado
por curtos intervalos de tempo.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

CONTRARIADO!

Leva na cabeça o fartote
O povo leva porrada
 Funcionalismo  público o corte
Governo de tesoura afiada
Segue à frente do pagode

Trabalha  de  boca calada
Rosto, de pele, franzido
Vai à frente da manada

Continua contrariado
Que dá lugar à  tortura
Corre nas veias sangue puro
  Pela  Pátria  lutámos com bravura!

terça-feira, 22 de novembro de 2011

ADEUS REGALIAS!

Quase descalço vai  para o trabalho
O português trabalhador
De estômago vazio e pouco agasalho
Transporta no peito a sua dor
Nos bolsos não leva cascalho
Suas mãos não têm habilidade
Para mexer no que não é seu
Vai sendo afastado da liberdade
Muitas regalias já perdeu
Em nome da crise diz, o governo
Pretender com alguns feriados acabar
Desculpas, já as previa
Das intenções fascistas
Inventadas por governos golpistas
Que não esquecem
As doutrinas Salazaristas.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

POEMA DA QUECA

**Todos fodem  neste mundo
Num capricho derradeiro.
E o dando do dentista 
Fode  a mulher do padeiro.

**O Passos, depois de eleito,*****

*Tornou-se um bom fodedor
O Cavaco põe-se a jeito...*****

*Fode o trabalhador.*****

*** O Ministro fode o deputado**
Este fode o eleitor.*****

*O médico fode o azarado,*****
*Que está doente ou com dor.*****

*Até o Duarte Lima****

*Que é um santo advogado,*****

*Fodeu a tal Rosalina*****

*Por os milhões lhe ter roubado.

Parece que a natureza
Vem a todos nos dizer,
Que vivemos neste mundo
Somente para foder.

E você, meu nobre amigo
Que agora está-se a entreter,
Se não gostou da poesia 
Levante-se e vá-se foder!

Autor desconhecido - Também, pudera...se fosse conhecido, tava fodido!****

sábado, 19 de novembro de 2011

POLÍCIAS AMEAÇADOS POR DIZEREM AS VERDADES!

DIRECTOR NACIONAL  DA PSP AMEAÇA.
Polícia, ameaça policias
Porque será?
Alguma coisa tenta esconder
Sem competência não saberá
Mas sabe ameaças fazer
Aos agentes que falam verdade
Porque a situação não quer resolver
Soube sim seu ordenado promover
Às  escondidas 
Metidos dentro dos gabinetes
Defendendo, somente, o seu bem estar 
Medidas em defesa dos seus agentes
Só com castigos os  sabe ameaçar
Eles tentam,  tudo por tudo
Para aos tempos do fascismo regressar.
Ainda  não estão contentes 
Com o muito já ganhar
Querem mais, e colocar correntes
Para os agentes mais fácil  dominar

terça-feira, 15 de novembro de 2011

FALSIDADES.

São muitas as falsidades
Ferem mais que as mentiras
Vão-nos tirando as liberdades
Iludem-nos com suas cantigas
Não nos deixemos iludir
Todos juntos, nossa luta, continuar
Promessa de político é mentir
Para o nosso votar arrecadar
Chega, não podemos mais permitir
Só o povo pode a política mudar
E dos seus direitos não prescindir
Para mais pobre não ficar
Ameaças estão a vir
Do poder governamental
Eles continuam a progredir
Alegando o nome de Portugal.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

"MATUMBO"

Palavra a designar, para quem não é inteligente
Não sabe governar, decide sem pensar
Veio, para, ao povo roubar
Não se importa de prejudicar
Por tirar o pão a muita gente
Só um "matumbo", assim, pode proceder
Para uma dívida liquidar
De quem não tem culpa fazer
Uma divida, que não fizeram, pagar
Irredutível continua
Parece duas palas ao lado de cada olho ter
É assim que aos burros se faz, para só frente ver
Que haja alguém para o instruir
Antes que seja tarde demais
Se o povo o consentir
A pagar mais impostos continuais.
Não serão para pagar a dívida
São para eles terem,  muito,  mais
E, sempre, melhores condições de vida.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

A VITÓRIA LIBERAL

A luta entre miguelistas e liberais não se travava só com armas
-também com...cantigas, que talvez tenhas interesse em conhecer.
São inúmeras as canções dessa época em que se defendem os
do mesmo partido e se atacam os do contrário, como nestas:

«D. Miguel chegou à barra, 
Sua mãe lhe deu a mão:
-Anda cá, meu querido filho,
Não queiras Constituição.

Rei chegou,
Rei chegou.
Em Belém
Desembarcou
Em Belém
Desembarcou

É certo, e mais que certo,
D. Miguel ser nosso rei.
É certo e mais que certo
Que assim é que manda a lei»
Ou  então:
»Para espalhar a fome,
Uma moda se inventou:
Quanto mais a fome aperta,
Mais se canta o Rei-chegou»
Ou:
«Com Maria a justiça, a Clemência
Veja o Tejo ao seu trono subir;
E do povo as legais liberdades
Com a Carta de novo florir»
Ou:
«Viva, viva, viva Pedro,
Viva a santa religião, 
Viva Maria segunda,
Liberal Constituição»

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

VÁ À BARDAMERDA SENHOR GOVERNADOR! ! !

Neste país há investigadores universitários que estudam todos os dias até altas horas da noite, que trabalham continuamente sem limites de horários, sem fins-de-semana e sem feridos. Há professores universitários que dão o seu melhor, que preparam cuidadosamente as suas aulas pensando no futuro dos seus alunos, que dão o melhor e sem limites pelas suas universidades. Há polícias que ganham miseravelmente, que não recebem horas extraordinárias, que pagam as fardas do seu bolso e para sobreviverem têm de prestar os serviços remunerados.
Toda esta gente e muita mais que poderia ser referida foi eleita como a culpada da crise, denunciada como gorduras do Estado, tratada como inutilidade social, acusada de ganhar mais do que a média, desprezada por supostamente não ser necessária para a direita se manter no poder. Mas há uns senhores neste país que ganham muito mais do que a média dos funcionários públicos, que têm subsídios extras para tudo e mais alguma coisa, que cumprem com incompetência as suas funções, que recebem pensões chorudas, que vivem do dinheiro dos contribuintes como todo o Estado, mas que não foram alvo de nenhuma das medidas de austeridade que até hoje foram aplicadas aos funcionários públicos. São os meninos e meninas do BdP.
Ainda as pessoas mal estavam refeitas do anúncio da pilhagem aos seus rendimentos e um tal Costa, governador do Banco de Portugal, vinha defender que as medidas deste OE deveriam prolongar-se para a além de 2014. Isto é, o senhor defende que os cortes se tornem definitivos. No mesmo dia a comunicação social informava que as medidas de austeridade aplicadas aos funcionários públicos não seriam aplicadas aos funcionários do banco de Portugal, o argumento para tal situação era o da independência do banco.
Mas se o Governo não pode nem deve interferir na gestão do BdP e o senhor Costa se comporta como um cruzamento entre a ave agoirenta e o Medina Carreira o mínimo que se espera é que ele dê o exemplo pois nada o impede de aplicar aos seus (incluindo os pensionistas do BdP)  a austeridade que exige aos outros. No caso do BdP  o senhor Costa não só estaria a adaptar as mordomias dos funcionários públicos e pensionistas do BdP à realidade do país como estaria a dar um duplo exemplo, um exemplo porque aplica aos seus a austeridade que exige ao outros e um exemplo porque chama os seus a responder pela incompetência demonstrada enquanto entidade reguladora de bancos como o BPN ou o BPP.
Porque razão um professor catedrático de finanças ganha menos do que um quadro do BdP, não recebe subsídio para livros como este e na hora da austeridade perde parte do vencimento e os subsídios enquanto o funcionário do BdP  não corta nada e muito provavelmente ainda recebe um aumento?
É por estas e por outras o senhor Costa não tem autoridade moral para propor o mais pequeno sacrifício seja a quem for e deveria abster-se de aparecer em público, este senhor só merece a resposta que lhe daria o saudoso Almirante Pinheiro de Azevedo, que vá à bardamerda.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

JOÃOZINHO NO CONFESSIONÁRIO!!!

No confessionário, chega o pequeno (mas nosso velho conhecido) Joãozinho que confessa:
-Senhor Padre, eu pequei. Fui seduzido por uma mulher casada que se diz séria.
-És tu, Joãozinho?
-Sou, Sr. Padre, sou eu.
-E com quem estiveste tu?
-Padre, eu já disse o meu pecado. . .Ela que confesse o dela.
-Olha, mais cedo ou mas tarde eu vou saber, assim é melhor que me digas agora. . .!
-Foi a ISABEL da farmácia?
-Os meus lábios estão selados - disse Joãozinho.
-Então foi a MARIA do quiosque?
-Por mim jamais o saberá. . .
-Ah! Ou não terá sido a MARIA JOSÉ florista?
-Não direi nunca!!!
-Já sei, só pode ter sido a MANUELA da tabacaria!
-Senhor Padre, não insista!!!
-Vamos lá acabar com isto! Foi a CATARINA da pastelaria, não foi?
-Senhor Padre, isto não faz sentido.
O Padre rói as unhas desesperado e diz-lhe então:
-És um cabeça dura, Joãozinho, mas no fundo do coração admiro a tua reserva. vai então rezar vinte Pais-Nossos e dez Avé-Marias. . . Vai com Deus, meu filho. . .
Joãozinho sai do confessionário e vai para os bancos da igreja. O seu amigo Manecas desliza para junto dele e sussurra-lhe: 
-Então? Conseguiste a lista?
-Consegui. Já aqui temos o nome das mulheres casadas que "facilitam"!!
Moral da História:
O PLANEAMENTO ESTRATÉGICO COMEÇA COM A ANÁLISE DO MERCADO.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

VIRADO DO AVESSO?

Começando por recordar a deslocação do então primeiro-ministro José Sócrates, à Alemanha, levando em segredo o PEC 4, para negociar com  a Chanceler Ângela Merkel.
Passos Coelho, na altura na oposição não gostou da ideia. Pelo facto de Sócrates ter feito a comunicação da Alemanha, tendo por isso recusado dar o seu apoio.
Este por sua fez, sem o apoio do PSD, não tinha condições  para, poder, continuar a governar. Facto que o levou a apresentar pedido de demissão junto do  Presidente da República, que por sua fez convocou eleições antecipadas.
Cujo o partido vencedor foi o PSD, e o seu líder, Passos Coelho, eleito primeiro-ministro, apressadamente, começou a virar do avesso muitas peças que, ainda, se encontravam, dobradas, dentro das gavetas!
Pondo em prática medidas de austeridade, talvez, mais severas do que aquelas, com as quais não havia, antes, concordado.
"Seus parolos". Caíram que nem patinhos! "Agora vão pagar as favas!" e bem caras! Há poucos dias deslocou-se ao Paraguai, de onde comunicou que neste mês de Novembro irá renegociar, com a Troika, a dívida externa do país. Fazendo do mesmo modo que Sócrates, antes, tinha  feito. Onde está a moral destes políticos?
António José Seguro, líder do PS, de imediato reagiu à comunicação de Passos, atirando alguns pedras. Coelho aos ZIG-ZAG, tentando se desviar, o que não era necessário visto que o arremesso das mesmas não tinham como intenção acertar.
Faz lembrar dois malucos internados no Hospital Júlio de Matos. Um deles pegou uma faca e disse para o outro toma e corre atrás de mim até ao fundo do corredor. Assim fez, chegados ao fundo do corredor, o que pegava a faca, diz para o outro toma tu agora e corre atrás de mim.
As pessoas que assistiam, se mostravam muito preocupadas com  o que poderia acontecer. Eles disseram não se preocupem foi só para os enganar!

terça-feira, 1 de novembro de 2011

SOBRE AS PRIVATIZAÇÕES

". . .Privatize-se tudo, privatize-se o mar e o céu, privatize-se 
a água e o ar, privatize-se a justiça e a lei, privatize-se 
a´nuvem que passa, privatize-de o sonho,  sobretudo 
se for o diurno e de olhos abertos.
E finalmente, para florão e remate de tanto privatizar,
privatizem-se os Estados, entregue-se por uma vez
a exploração deles a empresas privadas, 
mediante concurso internacional.
Aí se encontra a salvação do mundo. . ."
JOSÉ SARAMAGO

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010