sábado, 28 de setembro de 2013

"3 VEZES...E SEM DESCANSO"

O velhinho caminhava tranquilamente...
quando passa em frente a uma casa de putas...
uma prostituta grita: "Oi, Vovô!, por que não experimenta?"
O velhinho responde: "Não, filha, já não posso!"
A prostituta: "Ânimo!!!!Venha, vamos tentar!!!"
O velhinho entra e funciona como um jovem de 25 anos
3 vezes...e sem descanso
"Puxa", diz a prostituta, e ainda dizia que já não podia mais?"
O velhinho responde:
" Ah, foder eu posso, o que não posso é pagar!"
(....)
"É verdade - não há aposentado que aguente!!!

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

"DO FUNDO JÁ SAIU...ESTÁ A DAR A VOLTA"

Ainda agora caiu!
Tanto não mintas
Do fundo já saiu
Diz o troca-tintas.

Atrás vem outro a correr
Acredito que vamos dar a volta
Vai de certeza grande ser
E bastante estrondosa.

Não se cansam de o dizer
A economia está a dar a volta
É preciso ter cuidado, perceber
Com mentiras para vencer
Quando alguém faz batota.

Na lareira demasiadas brasas
A causa do medonho o estrondo
O troca-pernas e caga-raivas
Terão dado um grande tombo!

domingo, 22 de setembro de 2013

"ENVENENADA!

Chegou a envenenada!
Para mais veneno lançar
Diz ela não ser a culpada
Com palavrinhas de embalar
Cada vez mais puxa acorda
Para a todos nos enforcar.
A envenenada perigosa...
Tem desta gente tanta piedade
Apressada, não se leva a ranhosa
Desconhecedora da realidade
Organização conflituosa.
Causadora da desigualdade...
Os abutres lhe abriram a porta
A todo o vapor penetrou
 Porque, tanto gosta do manjar
Ficar por cá mais tempo já pensou.
Enquanto a mama durar...
Os adormecidos não acordou
Amiga deles, não os quis incomodar!

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

"PARA ALIVIAR O STRESS"

1-Não tem braços, não tem pernas, é careca!...
2-Quando agitado procura a toca para entrar, tira a toca!...
3-Não é rato, não é gato, não tem orelhas!...
4- Agitado vai para a toca, sai mais calmo às escuras, não tem olhos!...
5-Tem boca, não tem dentes, não fala, mas sente!...
6-Os homens têm, as mulheres o fazem sublevar!..O que é???

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

"DUAS PALAVRAS"

Duas palavras ditas!
Tanta desconfiança existe
Por sarar tantas feridas
Tanta gente vive triste.

De arrogância, duas palavras!
Tantas maldades, discrepância
Dos olhos caídas tantas lágrimas
Causadas pela extravagância.

Duas palavras de maldade
  Dolosamente, circunscritas 
Contra os principio de equidade
No mundo há tantos vigaristas.

Duas palavras libertadas
Expiradas no vento
Soltas de bocas infestadas
Desgraças...descontentamento.

Duas palavras ao acaso
Pronunciadas sem antes pensar
Teimando não reconhecer o fracasso
Continua no impossível acreditar!

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

"MEDONHA LABAREDA"

Depois de tanto cortar e queimar!
Medonha labareda do fogo posto
Não estarei cá para o ver apagar
Quando nevar em Agosto!

Metem medo essas coisas,
Em Janeiro, trinta e cinco graus
Só pensam em destruir as boas
Em vida me assustam os lacraus.

Se em Belém picaretas chover...
Fenómenos de descontentamento
Se por acaso isso acontecer
Nem suínos haverá nesse tempo!

Depois da vida receber
O que em vida foi negado
Como não é possível reaver
Tudo o que pelo fogo foi queimado!

terça-feira, 17 de setembro de 2013

" BANDOLEIRO"

A tocarem as castanholas!
Na corrida para o tacho
Com amor às camisolas
Para mais cambalacho
Já começaram sim...
 Graças não lh'acho
Com promessas, sem fim
Com o vermelho capacho
Palavrinhas, cor de cetim
Arre macho...
Fazem tanto chinfrim
Para que ser tanto ranger
Toca tão alto o clarim
Não nos deixa adormecer
Tanto bandoleiro...
Querem o bandolim tocar
Voz alta, grita o pantomineiro
Para no poleiro continuar!

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

"O GAMANÇO"

Do passado ainda ferida!
No presente duvidosa
A esperança desiludida
Da promessa mentirosa.

Com o futuro preocupada
A esperança não sossega
A confiança, desconjugada
Da mentirosa promessa.

 Ambas com igual quinhão
No seio da comunidade
Nunca ausente a saudade
A lembrança também não.

Não se deixa apanhar!
O gamanço anda à solta
Não precisa de trabalhar
Sem azeite não come açorda!

domingo, 15 de setembro de 2013

"CAÇA AO VOTO"

Mota Soares lembra que foi este Governo que repôs pensões
O ministro Pedro Mota Soares respondeu ontem às críticas da oposição aos cortes nas reformas lembrando que foi este Governo que repôs as pensões congeladas pelo executivo PS.
«É importante lembrarmos, num tempo em que tanto se fala de pensões em Portugal, que foi este Governo que tomou uma opção estratégica diferente do passado», afirmou Mota Soares, que falava durante a apresentação da candidatura da coligação CDS/PSD à Câmara de Mondim de Basto, iniciativa que contou com a presença do vice-presidente do PSD Jorge Moreira da Silva.
O ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social referiu que, em 2011, o Governo então liderado por José Sócrates decidiu «congelar todas as pensões, incluindo as pensões de reforma dos mais fracos, que eram as pensões mínimas, as pensões sociais e as pensões dos rurais».
«Mais de um milhão de portugueses que tinham trabalhado toda uma vida, que recebiam 246 euros de pensão, mas que entendeu o anterior Governo que também deviam ser chamados para um esforço e para o sacrifício a que todos estamos sujeitos», salientou.
«Deixo só aqui esta lembrança porque eu ouvi muitas pessoas falar das pensões em Portugal. Gostava de lembrar que essas pessoas apoiaram o Governo que teve exatamente essa responsabilidade, que foi a de congelar de forma igual todas as pensões, não tratando por diferente aquilo que verdadeiramente é diferente», frisou.
Pedro Mota Soares fez questão de lembrar que o seu Governo, «mesmo já debaixo de um resgate e um jugo financeiro por parte dos credores», resolveu aumentar essas pensões «acima do valor da inflação, num valor de 140 euros anuais».
Pensará este político, que os portugueses, excepto ele são todos analfabetos. A que século se estará a referir? O cara de pau não tem mesmo vergonha nenhuma! Muito menos perfil, para desempenhar o cargo de ministro  da Solidariedade, Emprego e Segurança Social!

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

"BOM FIM DE SEMANA"

Bom fim de semana!..
Dois mil e treze, Setembro
Dia treze sexta-feira!
Tanta coisa não entendo
Pelo mundo passageira!
Para a canalha gozo...
Para quem trabalha sofrimento
Ou para quem já trabalhou
No fim do mês sem vencimento.
Há tanta injustiça...
A vida ajuda tanta canalha
Em vida a canalha gozou
Goza bem a vida
 Em vida a canalha
Nunca vi em toda a minha vida
Tanta canalha que nunca trabalhou
Ser tão bem protegida...
Pela vida, que na vida sempre gozou,
A canalha não luta pela vida
A vida é que luta pela canalha
Nunca vi tanta canalha fingida
Ser contra a quem trabalhou
Ou trabalha em toda a minha vida!

terça-feira, 10 de setembro de 2013

"IMPERTINENTE"

 Coloca-se a panela em cima da trempe
Se acende a fogueira debaixo dela
Arde a lenha, a água ferve, fica quente
Ter tudo o que faz falta, a vida é bela.

Viver numa casa modesta
Trabalhar honestamente
A vida sem ter nada molesta
Fere de tristeza a alma da gente.

Ser pobre é humano, não defeito
Defeituoso é quem explora a gente
Quase nada receber, não tem jeito
Trabalhar, assim, é impertinente?

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

"DAS ESQUINAS POLUIDORA"

Foi eleito pelo povo
Para governar a nação
De todos o mais teimoso
Só aos pobres rouba o pão.

Com as Swaps, os contratos
E com a Tróika, são para cumprir
Marotos, aldrabões, velhacos
De noite e dia sempre a mentir.

Governa contra o cidadão
Do país que o elegeram
Saca-nos até ao último tostão
Para dar aos que nada fizeram.

Manda gente para o desemprego
Para o estrangeiro manda emigrar
De onde veio tamanho labrego
No poleiro continua de galo a cantar.

O mentiroso inventa a mentira
A mentira é inventada pelo mentiroso
Nunca vi em toda a minha vida
Tanta gente sem nada fazer ter tanto gozo.

Malvada política destruídora
Inimiga da democracia
Tanta gente das esquinas poluidora
No desemprego de barriga vazia!

O Coelho diz que a culpa é do Sócrates
O Sócrates diz que a culpa é do Coelho
Carregados de mentiras aos fartotes 
É dos governantes e não do escaravelho!

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

"A RESPEITO DO EXERCÍCIO FÍSICO"

Está  provado que cada minuto de exercício aumenta o nosso tempo de vida em um  minuto. Isso nos permitirá, aos 85 anos, ficar mais 5 meses num lar de terceira idade, pagando 5.000 pratas por  mês!

A vantagem do exercício físico diário é que se morre mais saudável!

"O POMBO E A POMBA"

(IMAGEM GOOGLE)
Com beijinhos!..
Abraços e falsos pios
Voaram dois pombinhos
Que antes eram inimigos.

De galho em galho vão pousando
 Da Europa para a América
Lá no ar para o chão vão cagando
Na terra amontoando a miséria.

 A pomba continua sem pôr o ovo
O pombo com tamanha bichice
Vão gastando o que é do povo
Ambos com tanta pirronice.

Com um arrulhar cínico
O pombo olhou para a pomba
Vai lavar o focinho
 Limpa o lixo dessa tromba.

Tanto fingimento tem preço
Para o povo pagar
De ouro nasceram em berço
 Continuam os pombinhos a voar!

terça-feira, 3 de setembro de 2013

"ESPERTA"

(IMAGEM DA GOOGLE)
- Maria, não subas as escadas, como te pediu o Manel...
O gajo é um tarado e só te quer ver as cuecas!
-E pensas que eu sou parva?
Antes de subir, tirei-as, para ele não as ver!

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010