sábado, 31 de dezembro de 2011

O FIM!

ANO DE 2012
  O  princípio do fim
Do estado social
Nasceu com a revolução de Abril
Aqui em Portugal.
O actual executivo determinou assim
Anunciando a sua morte
Como as plantas no campo ou no jardim
Quando começam a florir
Desde o Sul até ao norte
Chega o temporal
Para  todas  destruir
Do que foi construído, enfim 
por um  povo governado à sorte!

sábado, 17 de dezembro de 2011

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

ARGUMENTOS

Para argumentos se inventam desculpas
Para não cumprir o que prometeu
De  canalha  intrusa  
Que em Portugal apareceu
Sem consideração pelas pessoas
Do país que governa
Não pretendendo dizer palavrão
Este governo é uma  perda
Começou com os cortes
Sem a plausível explicação
Contra a saúde se manifesta
Nessa área são mais fortes
Nas  introduções está com pressa
Desta forma não vai conseguir
Teimosamente, de sua ideia não arreda
Quando o povo a crise mais sentir
A economia em,  forte, queda
Com o desemprego a progredir
A quadrilha, satisfeita e, completa!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

"CONSTRUÇÃO CEGA"


"FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS INCANSÁVEIS"
REFERENTE AO MEU COMENTÁRIO DE ONTEM
NO BLOG, O MUNDO DOS FUZILEIROS
Como o prometido é devido. Aqui estão duas imagens do viaduto «obra de arte» construído para fazer a ligação rodoviária Forte da Casa - Póvoa de Santa Iria, paralelamente com a Auto Estrado do Norte A1
Todavia, os responsáveis pela obra esqueceram-se de que não havia saída para a construção da rodovia
de ligação ao mesmo, como mostram as imagens expostas.
Para que te construíram
Viaduto sem saída
Seguimento não encontraram
Mais uma causa perdida
A uma barreira te encostaram
Descansa aí o resto de tua vida
Não te preocupes 
Nossa incompetência garantida
A referida obra dista da seda da junta de freguesia da Póvoa de Santa Iria, acerca 1500 metros.
Só depois do jornal O Mirante ter noticiado o histórico acontecimento.
O então senhor presidente desta junta de freguesia veio dizer que não tinha conhecimento da dita obra.
Como é possível um presidente, de junta de freguesia alegar o desconhecimento de obras na sua área de jurisdição?

domingo, 11 de dezembro de 2011

"GNR A CAVALO"

Numa aldeia, o pároco, e o comandante do posto da GNR,
com o posto de cabo, morreram no mesmo dia?
O cabo, por ter sido mau para o povo,
ficou preocupo, porque não teria lugar no céu!
Resolveu ir pedir ao senhor padre,
que pelos serviços prestados ao povo
 tinha lugar garantido no céu, assim o fez.
O pároco pessoa de bem o atendeu, dizendo
não tem qualquer problema, te vou levar comigo!
O cabo montou no padre e seguiram.
Quando chegaram bateram à porta, S. Pedro,
 pergunta quem é, responde o cabo, GNR a cavalo
entra o cavaleiro a besta fica lá fora!!!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

MUITO IMPORTANTE!!!...

A TODOS OS MEUS AMIGOS, FAMILIARES e CONHECIDOS...

Para todos aqueles que em 2011 me enviaram mails
dizendo que, se reenviasse, ia ficar rico ou milionário,
informo  que  NÃO FUNCIONOU!
Em 2012 por favor mandem dinheiro,
presentes ou vales de gasolina. Obrigado.
PS: Não aceito acções do BPN.
Não façam caso é brincadeira
Continuem mails a mandar
Foi esta a minha maneira
Que encontrei para os cumprimentar.

domingo, 4 de dezembro de 2011

NO PAÍS, CUJO GOVERNO NÃO SABE FAZER CONTAS DE DIVIDIR!

Não há margens nem folgas
Almofadas também não
Não temos governo nem normas
Sem sorte, temos mais que um aldrabão
Por falta de inteligência
Sem vontade e arrogante
Requintado lá na presidência
Julga-se um bom falante
Por não ter competência
Os problemas da nação resolver
Veio do lixo para a governação
Antes da lição aprender
Um professor sem saber
Seus alunos, a lição ensinar
Quem não sabe contas de dividir fazer
Falta-lhes sabedoria para um país governar.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

"O ASSALTO"?

ASSALTARAM A NAÇÃO!

Levaram o feriado do dia da Restauração
E também o  do dia da República
Para a justiça, não ligaram
Sem respeito pela Religião 
Levaram "corpo de Deus"
E Nossa Senhora da Conceição
Não encontraram pescas nem agricultura
Nos campos abandonados
Cresce a erva daninha
À indústria deixaram recados
Essa, arruinada, quase falida
Perdida pelas ruas da amargura
Fizeram ameaças à educação
Sem projectos para a cultura
Não deixaram solução.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

"O ESTRIPADOR"!

Estou, dizendo, com tristeza
Adeus ao dia da Restauração
Foi em 1640, uma certeza
A vitória de uma Revolução
1º. de Dezembro com alegria
De uma Nação à Espanha anexada
Seu povo com valentia
Das suas garras foi libertada
Hoje, como feriado Nacional, o último dia
Quando na televisão se ouvia
Que a polícia tinha prendido o estripador
Todo o sentido faria
Neste país, de outros continentes, descobridor
Se o principal não andasse a monte
Falar contra os políticos, em prosa ou poesia
Disso, meu pensamento está distante!..

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010