quarta-feira, 22 de outubro de 2014

"J. P. FUMADOR"

J. P. fumador, pensou com o dinheiro que gastava em tabaco, se deixasse de fumar, ao fim de algum tempo podia comprar uma junta de bois. Fez as contas e decidiu deixar de fumar. Quando reunida tinha a quantia necessária,  resolveu realizar o  sonho de sua vida. Armazenou palha, feno e rações no palheiro para que não faltasse durante o inverno comida aos animais. Tinha-os na malhada junto do dito palheiro.  Aconteceu que um dia o fogo no já citado palheiro consumiu tudo o que com tanto sacrifício tinha sido antes adquirido. Tendo J. P. fumador dito, afinal de cantas,  de uma ou de outra maneira era tudo para queimar.

Pensou J. P. fumador,
em deixar de fumar
fez as contas ao valor
do que poderia poupar.

Com o dinheiro que poupou,
uma junta de bois tinha comprado
que mais tarte o fogo queimou
tinha mesmo que ser queimado.

De nada serviu o sacrifício,
que fez para deixar de fumar
tanto lutou contra o vicio
afinal de contas, era para queimar!
(Eduardo Maria Nunes!

5 comentários:

  1. Pelo menos ele deixou o vício e pode ter-se livrado de terríveis complicações pulmonares no futuro.
    Abração.

    ResponderEliminar
  2. Olá Eduardo! Aos doze anos comecei a usar calças compridas, e achei que já era homem. Daí, comecei a beber e a fumar, isso até 2007, mais de 50 anos depois, quando utilizei um método por redução que criei, parei de fumar e, logo em seguida, parei de beber. Além do prejuízo causado à saúde, tinha também os danos causados ao bolso, devido ao custo de ambos. Deixar de fumar nem tanto, pois o método não sacrifica, mas deixar a bebida foi cruel e precisei de muita determinação e força de vontade, pois parei bruscamente. Hoje, graças a DEUS, não sinto a mínima falta deles.

    Belo o teu poema. Só que o J P fumador foi um tanto negligente quanto ao incêndio. Se ele priorizasse a prevenção o fogo não teria aparecido e o lucro seria bem razoável. Eu, particularmente, já economizei bastante nesses 7 anos, por não gastar mais com bebida e cigarro. Rsrs.

    Abraços,

    Furtado.

    PS. O método que criei foi a primeira postagem que fiz no Arte & Emoções, com o título Tabagismo: Vamos largar?

    ResponderEliminar
  3. Bom dia
    Nem tudo é para queimar. Aconteceu e por certo haverá razões que lhe passaram despercebidas para o fogo ter destruído o seu trabalho e poupança.

    Penso que o ex-fumador deveria ter maiores cuidados para que o fogo não lhe queimasse as suas economias.

    Com as poupanças do tabaco poderia ter feito obras em casa. Poderia ter feito uma viagem... Foi o destino??



    ResponderEliminar
  4. Poupou os brônquios e pulmões para quando for velho, o que também é muito importante.

    ResponderEliminar
  5. Fumar faz mal a saúde,melhor é guardar o dinheiro no banco, Eduardo beijos.
    Blog /Fan Page / Twitter /

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010