quarta-feira, 18 de junho de 2014

"POEMA. . .ENCOSTA A CABECINHA"

(IMAGEM GOOGLE)
Porque o fez foi embora!
para a rua antes de terminar o jogo
encosta a cabecinha no ombro e chora
não assim na cabeça do outro.

Já era de esperar, o resultado final,
de qualquer maneira, eles comem tudo
tinham mesmo que vencer Portugal
os presumíveis donos do mundo

No rosto daquela mulher,
de tão contente a sorrir
de pé estava lá a tudo quer
  a dona do mundo a aplaudir.

Quando o monstro sorria,
o árbitro sentiu na espinha
arrepios, fez o que não devia
o jogador também razão tinha.

 Contra a Alemanha nunca venceria,
talvez pelo facto de ser cidadão português
mesmo que o não tivesse feito não ganharia
 no entanto, não deveria ter feito o que fez.
(Eduardo Maria Nunes)

3 comentários:

  1. Estava eu entretido a escrevinhar a minha prosa e tu ultrapassaste-me com a tua poesia.
    Tivemos azar no nosso jogo de estreia tal como tinha acontecido também à Espanha. Vamos ver se eles, daqui a pouco, conseguem endireitar-se e corrigir o que nasceu torto. Nós tentaremos fazer outro tanto no próximo domingo.

    ResponderEliminar
  2. A canção, (encosta a cabecinha no meu ombro e chora)!Eu já conhecia, mas esta foi,(encosta a cabecinha, testa com testa), e qual deles é que ficou com os dois buracos na testa, sabes?
    O meu abraço.

    ResponderEliminar
  3. Oi Edu,nós também estamos um pouco preocupados,esse empate com o México
    deu o que falar.
    bjs amigo
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010