domingo, 2 de fevereiro de 2014

"ELES COMEM TUDO"

Tiram o mel às abelhas,
Os porcos no lameiro
Pastam no campo as ovelhas.
                
 Relincha o cavalo,
Zurra o burro
Lá no prado
Eles comem tudo.

 Arre Macho!
O burro manta a égua
De vale da Pinta ao Cartaxo
É mais de uma légua.

Cantam os galos no poleiro,
Põem ovos para as francesinhas
As galinhas, no galinheiro.

Moças lindas, olhos bonitos,
De lábios risonhos
Nas figueiras nascem os figos
Nos medronheiros os medronhos.

O que acabei de escrever,
Nada disto é mentira
Quem do que dá mais tira
O restante fica a dever!
(Eduardo Maria Nunes)

5 comentários:

  1. Pelo título pensei que me vinhas oferecer um vídeo de Zeca Afonso, esse sabia bem que já nesse tempo eles comiam tudo! Quanto aos figos, ainda vão deixando alguns para mim, apesar de ter que pagar imposto para ter a figueira.
    Bom domingo amigo Eduardo

    ResponderEliminar
  2. Uma aguarela poética.
    Um abraço e bom Domingo

    ResponderEliminar
  3. Talvez por ser Domingo, hoje fostes muito brando com eles, também tens direito a descanso, porque isto de bater forte também cansa!
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  4. Poema político/bucólico/geográfico do melhor que tenho lido.
    Continua que chegas lá!

    ResponderEliminar
  5. Sim, no fim da vida acredito.
    Estás a gozar comigo? Nã sê!
    Não! não estou convencido
    Porque este país está falido
    Se souberes me diz porquê!

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010