sábado, 4 de janeiro de 2014

" AS ÁRVORES DE BELÉM E DE SÃO BENTO"

Ontem à noite ouvi gritar!
Acordei bastante assustado
Estavam os mendigos a planear
Aos reformados novo assalto.

Continuei aos sobressaltos,
Até ao romper do dia a pensar
Somos, violentamente, assaltados
Já não adianta as portas trancar.

Em tal coisa nunca pensei!
 Que não fosse pessoa de bem
Quem governa nunca imaginei
Que fosse mentiroso também!

Faz falta nova revolução?
Para os ensinar a governar
Nas orelhas um grande puxão
Para aprenderem a respeitar!

No Palácio das Necessidades...
São lubrificadas as feras do rolamento
Há frutos envenenados em duas árvores
Uma em Belém outra em São Bento?

3 comentários:

  1. E o pior é que estas duas dão frutos, desses frutos saíram sementes de crescimento rápido e fizeram secar todas as outras!
    Se não tiveres uma G3, pega numa moto-serra e num machado e mãos à obra.

    ResponderEliminar
  2. Tenho muita pena de não ter ouvido muitos dos que agora gritam contra o corte de pensões, quando estes cortes se dirigiam em exclusivo para os Ex-Funcionários Fúblicos, agora que a ameaça já é global, já os vou ouvindo muito zangados com a medida, sem mais.
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  3. OI EDU!
    PARA HAVER UMA REVOLUÇÃO, NEM SEMPRE PRECISARÍAMOS DE ARMAS, SE O POVO SE UNISSE NUM SÓ GRITO,"ELES" LEVARIAM MEDO.
    MUITO BOM TEU TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010