quarta-feira, 4 de setembro de 2013

"O POMBO E A POMBA"

(IMAGEM GOOGLE)
Com beijinhos!..
Abraços e falsos pios
Voaram dois pombinhos
Que antes eram inimigos.

De galho em galho vão pousando
 Da Europa para a América
Lá no ar para o chão vão cagando
Na terra amontoando a miséria.

 A pomba continua sem pôr o ovo
O pombo com tamanha bichice
Vão gastando o que é do povo
Ambos com tanta pirronice.

Com um arrulhar cínico
O pombo olhou para a pomba
Vai lavar o focinho
 Limpa o lixo dessa tromba.

Tanto fingimento tem preço
Para o povo pagar
De ouro nasceram em berço
 Continuam os pombinhos a voar!

3 comentários:

  1. Vamos ver se não arranca o desporto de tiro aos pombos, porque podem cair coelhos.
    Aqui fica o meu abraço

    ResponderEliminar
  2. Estás a falar de pombos ou de abutres?
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  3. A fugir dos abutres
    Tropecei nos pombos
    Amigo, não te assustes
    Continuaremos aos tombos!

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010