quarta-feira, 24 de abril de 2013

"COISAS DA JUSTIÇA"

foto VÍTOR RIOS / GLOBAL IMAGENS
Isaltino Morais, detido um pouco antes da hora do almoço, tem para cumprir dois anos de prisão por branqueamento capitais e fraude fiscal.
A notícia está a ser avançada pela SIC Notícias. Fonte do tribunal de Oeiras adiantou à agência Lusa que o mandado de detenção e condução ao estabelecimento prisional foi emitido pela juiza Marta Rocha Gomes. Em cúmulo jurídico, Isaltino Morais foi condenado em 2009 a sete anos de prisão e à perda de mandato autárquico, por fraude fiscal, abuso de poder e corrupção passiva para ato ilícito e branqueamento de capitais.
Em julho de 2010, a Relação de Lisboa decidiu anular as penas de perda de mandato e abuso de poder e reduziu a prisão efetiva para dois anos pelos crimes de branqueamento de capitais e fraude fiscal.
Isaltino Morais tem ainda pendente um recurso extraordinário no Supremo Tribunal de Justiça, para fixação de jurisprudência por existência de dois acórdãos alegadamente contraditórios do Tribunal da Relação de Lisboa, mas esta diligência não tem efeitos suspensivos.
De Portugal, o mais forte
Terá mesmo acontecido
Coitado, que falta de sorte
Isaltino Morais,  detido!

6 comentários:

  1. Já tinha sido destino uma vez, esteve lá 23 horas, será que desta vez vai conseguir bater esse fabuloso recorde?
    Aceitam-se apostas.
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  2. Será que ele vai comemorar o dia da Liberdade na prisão? Tem uma certa piada não?
    Um abraço e bom feriado.

    ResponderEliminar
  3. Se eu tivesse voto na matéria decidiria voltar atrás na decisão da Relação de Lisboa e ficaria válida a primeira condenação.
    Isto para servir de lição ao espertinho do advogado que continua a chular o homem por conta dos recursos apresentados. Eu nem sei quantos foram, mas já deve passar de uma dúzia!

    ResponderEliminar
  4. Não sei se é verdade tudo quanto se diz dele, mas a confirmar-se esta situação de julgamentos e de requerimentos parece que ele sabe pelo menos defender-se.
    Sendo culpado que seja punido e que se acabe de vez com esta telenovela...

    ResponderEliminar
  5. Vejo que a questão política é igual; só muda de endereço.
    Abração.

    ResponderEliminar
  6. Se o homem diz que alguns crimes de que o acusam já prescreveram é porque admite tê-los cometido. Ou não?
    Para mim é culpado daquilo que se conhece e de muito mais que ninguém conhece!

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010