quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

"PESQUISA!"

Pesquisa
Passos Coelho manda fazer uma pesquisa para saber o que o povo acha de seu governo. Alguns dias depois, chaga até ao gabinete do ministro um pesquisador com o resultado da consulta.-Senhor primeiro ministro, nós constatamos que a população está dividida em duas camadas distintas...Quais são elas?-Bom, a nossa população de divide entre os optimistas e os pessimistas-E o que eles pensam, pesquisador. Bom primeiro ministro ...Os optimistas acham que, se o seu governo durar mais algum tempo, toda a gente vai acabar comendo merda... Ena, esses são os optimistas? Diga-me então o que pensam os pessimistas! Bom, senhor presidente, os pessimistas acham que a merda não chegar para toda a gente...

sábado, 26 de janeiro de 2013

"UM DOS SONHOS DE ALBERTINO VELOSO!"

Num encontro, almoço-convívio, dos Ex-fuzileiros
para o qual fui convidado, pelo organizador
do mesmo, Carlos Manuel Silva "Tintinaine",
realizado no dia 22 do mês de Setembro
do ano transacto, no Restaurante  A «Gralha»
situado na Serra de Santo António.
Dialogando com o referenciado, abaixo identificado,
cuja oportunidade tive de conhecer pessoalmente.
Homem de elevada formação
de relevantes  conhecimentos, educação e sabedoria
Falou-me do seu sonho não realizado de construir
uma vivenda, em Metangula, próximo da Base Naval
onde prestava serviço na Marinha de Guerra Portuguesa
em defesa da sua Pátria.
Que, a seguir descrevo em forma de poema!
Construíram em Metangula
A Base Naval dos Fuzileiros
Albertino Veloso, numa aventura
Não foi dos últimos nem dos primeiros
Pensou uma vivenda construir
Com a varanda sobre as águas do Lago Niassa
Não passou de um sonho acordo ou a dormir
De Metangula para o Cobué numa fragata
Ideias de um aventureiro
Que antes tinha assentada praça na armada
sonhos frustrados de um fuzileiro
Companheiro, sincero camarada
Na construçao o uso do martelo
De qualquer cor
Seja preto, encarnado ou amarelo
Português conquistador
Em pequenas barcaças navegou
Viajante...colonizador
Sua cultura lá deixou!

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

!ESTA É BOA!"

Na qualidade de réu
um bode, foi presente, em tribunal,
enfiado nos cornos um chapéu
tinha o animal
foi absolvido afinal,
da transgressão cometida
saiu em passo normal
depois da sentença lida.
Em liberdade saiu do tribunal,
a comer antes tinha sido apanhado
por um policia, 
as flores de um canteiro
no jardim da cidade
Australiana de Sydney!

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

"PERIGO EMINENTE!"

Juntos caminham com protestos
manifestos descontentamentos 
os políticos andam cegos
não encontram argumentos.
Fazem e desfazem
não conseguem a certar o passo
medidas novas trazem
todas feitas ao acaso...
Falta de competência 
de quem não sabe o país governar
sempre falha na conferência
para a solução encontrar.
PERIGO EMINENTE?
Relatório do MFI, se calhar
com ele alguém está contente
para o Parlamento aprovar,
causa de fome para muita gente.
Fazem tudo por tudo
para o estado social destruir
o chefe. do governo, cabeçudo
feliz continua a sorrir...
Conduz o país à ruína
sem que ninguém se oponha a isso
numa visita de rotina
com o presidente do paraíso,
para dar as indicações
como deve o governo português fazer
se quiser receber mais milhões
terá que às suas ordens obedecer...
Caso contrário, irão cair
num buraco muito fundo
teimam em não querer ouvir
a voz do povo não imundo!

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

"MFI EM PORTUGAL!"

O FMI pretende, guerra e miséria causar?
Não é justo sofrer antecipadamente 
Até a morte dolorosa chegar
As medidas do MFI são para fuzilar a gente
Que o governo português, antes, solicitar 
Há muito tempo estão a preparar o documento 
Para governar, o país desde que foi eleito
Só já falta essa clausula nele mencionar
Para produzir efeito
Só depois  do parlamento o aprovar!

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

"REALIDADE!"

Por favor não te rias do Sr. Doutor. 
afinal ele é o Ministro dos Assuntos
"Para Lamentares"

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

"O RETRATO DO FUTURO"?

O futuro depenado
Como o gola imagino
Se encheu até ao gargalo 
Agora está diminuindo.

Acontece, mas não deveria
Por corruptos sermos governados
Destroem a economia
Por isso estamos endividados...

Não sabem, não têm vontade, e não querem
O dinheiro dos contribuintes bem gerir
Os políticos, confiança não merecem
Porque só, o que sabem fazer é destruir!

Se governassem sem tirar
Ao pobre trabalhador
Para os ricos a trabalhar
Da crise, o responsável explorador!

Temos fama de preguiçosos?
Trabalhamos para quem nada produz
Lutaremos contra os mafiosos
Sem ser preciso na cabeça usar capuz!

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

"CHEGOU O ANO DE 2013!"

Chegou o novo ano
Carregados de mil aventuras...
Será para muitos um engano
Para outros muitas ternuras!

Aqui em Portugal tudo aumenta...
Exagero meu?
Quem muito, sem saber inventa
Foi o que aconteceu!

Porque só aumentam os impostos
Diminuem os ordenados e pensões
Das leis feitos por vaidosos...
Que de pedra têm corações...?

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010