quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

( A RIQUEZA QUE NÓS TEMOS)?

Temos um governo, perfeitamente, bem constituído
Por Coelhos, Portas, Motas, Cristas e Moedas
Carne não nos falta, madeira também não
Transportes e agricultura e um forte tesouro
Temos tudo e nada
Um governo apaixonado e cabeçudo
Estamos  sujeitos a ficar sem nada
Para que nos serve tanta riqueza
Se a não querem distribuir 
Do presente ao futuro incerteza
Quem não puder emigrar, será melhor fugir!
Para onde pergunto eu...
Moçambique, Angola ou Brasil,
Dos dois primeiros , fomos de lá corridos
Pós- revolução de Abril
Que em 1974 aconteceu.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

MAIS MEDIDAS ADICIONAIS NÃO!

Gostaria de poder acreditar
Se o que diz, primeiro-ministro é uma certeza
Político, verdade não falar
Presente e futuro incerteza
Governam para o povo enganar
O obrigam a sacrifícios
Sempre os mesmos a engordar
Com suas manhas e feitiços
Já não causam estranheza
Não sei quanto tempo irá durar
Quem manda é a Troika, com certeza
Neste país que dizem ser 
um jardim, plantado, à beira mar.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

"ACHINCALHAR"

Escrevo para ninguém ofender!
Não é meu hábito fazer criticas sem razão
Acho graça a Cavaco e Maria
Um e o outro são o Símbolo da Nação
Vejam só o que eles andam a fazer
No Roteiro da Juventude
 As mesmas palavras sempre a dizer
Com ao seu filosofar, pouca gente e ilude!

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

"DE MÃOS DADAS"!!!

Política, justiça, investigações, condenações e/ou absolvições. Eis o que  ficou por se saber, 14 anos depois do desaparecimento de Rui Pedro. As investigações sobre o seu desaparecimento  não chegaram a lado algum. Tanto que não conseguiram reunir provas concretas para que houvesse lugar a condenação.
Os testemunhos de pessoas idóneas são sempre muito importantes. Todavia, não provaram os factos, dos quais Afonso Dias foi acusado. E sem provas não pode haver condenação. Portanto foi isso, mesmo, que aconteceu!
No caso de terem existido provas... Poderão ter sido ocultas por alguém com muita habilidade. As quais jamais serão postas à disposição da justiça...
É, por causa disso e cuja a ausência de provas sempre se tem verificado nos actos ilícitos praticados pelos políticos que nunca chegam a ser condenados.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

GOVERNO - EXEMPLAR?

ESTADO ARRECADA MENOS 8% EM RECEITAS FISCAIS.
O Estado conseguiu menos 8% de receitas fiscais, em Janeiro, do que no mesmo mês do ano passado. São menos 222 milhões de euros, Só em IRC, as Finanças encaixaram menos 61%
O Estado arrecadou 2,6 mil milhões de euros em receitas fiscais, em Janeiro. São menos 222 milhões do que em igual período do ano passado, ou seja, menos 7,9%. Em Janeiro de 2011, as receitas fiscais aumentaram 15,1%, de acordo com os dados divulgados pela Direcção-Geral do Orçamento (DGO) através da Execução Orçamental.
A contribuir para esta evolução estiveram os impostos sobre os rendimentos dos particulares (IRS), bem como das empresas (IRC), com a colecta a diminuir 4,5% e 61,3% respectivamente. Enquanto do IRS o Estado conseguiu menos 43 milhões, do lado das empresas a quebra de receita foi de 138,6 milhões de euros.
A DGO explica que esta quebra das receitas fiscais está relacionada com um episódio extraordinário observado  em 2011, que foi a "antecipação generalizada da distribuição de dividendos ocorrida em Dezembro de 2010". Excluindo este impacto, "a receita fiscal registaria um decréscimo de cerca de 1,6% face ao período homólogo de 2011, explicado pela variação negativa de cerca de 4,8% nos impostos directos e pela variação positiva de 0,5% nos impostos indirectos".
Com estas evoluções, as receitas obtidas com os impostos directos diminuiu 18,8%. Já os impostos indirectos registaram um aumento de 0,5%.
E para esta última evolução contribuiu um maior encaixe com IVA (5,7%), com o imposto sobre o tabaco (13,9%), bebidas alcoólicas (14,9%) e o imposto de circulação (23, 3%). Já o imposto sobre veículos e o imposto de selo registaram quebras de 43,9%) e 8,8%, respectivamente. 
O comportamento destas variáveis é ilustrativo do contexto nacional. Famílias com menores rendimentos, a taxa de desemprego em máximos históricos (14%) e empresas com menores vendas são a realidade actual, o que tem impacto directo nos impostos que o Estado consegue arrecadar.
Se o actual governo, em seis meses de governação, já conseguiu tudo isto. Se continuar até ao fim da legislatura. O que mais irá conseguir?

domingo, 19 de fevereiro de 2012

"NA FEIRA DO QUEIJO"

Passos Coelho, vaiado, em Gouveia
Elogiado não merece ser
Só tem feito coisa feia
Tudo faz para o povo mais empobrecer
Teimoso continua, 
Com a sua política desajustada
É preciso todos sairmos à rua 
Numa luta, com justiça, continuada

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

ÚLTIMA HORA!

DO PAÍS:
Notícias de última hora. O nosso Presidente da República, disse que o governou alcançou um acordo de concertação social de fazer inveja!
DO ESTRANGEIRO:
A secretária de Estado da saúde de França, Nora Berra, tem enfrentado fortes criticas da população e da imprensa local desde o último sábado. Na ocasião, Nora, cujo cargo equivale ao de uma ministra, publicou um conselho desastrado em seu blog, recomendando aos sem-teto "que ficassem em suas casas" para se protegerem do rigoroso inverno que afeta boa parte do continente europeu e já matou dezenas de pessoas. Conclusão, muitos dos responsáveis políticos não sabem o que dizem  nem o que fazem!

"O VENTO COMEÇA A FAZER ABANAR AS ÁRVORES"!

O ministro da Defesa caracterizou hoje a carta aberta que lhe foi dirigida pela Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA) como "instrumentalização política" ao referir assuntos como BPN e o 25 de Abril.
Na comemoração dos 50 anos do navio escola Sagres com a bandeira portuguesa, José Aguiar-Branco defendeu que não se deve confundir os militares com as associações que os representam e garantiu qualquer polémica no seio da Forças Armadas.
De acordo com a edição de hoje do Diário de Notícias, a AOFA escreveu uma carta aberta ao titular da pasta da Defesa considerando que "nada obriga" os oficiais das Forças Armadas a "serem submissos, acomodados(...) ignorantes e apolíticos".
O ministro da Defesa acusou na semana passada "alguns movimentos associativos" de militares de fazerem politica onde esta "não devia ter lugar" e de "banalizarem" protestos exortando todos os que não sentem "vocação".
Parece que este senhor se esqueceu, que as Forças Armadas, enquanto existirem, têm toda a legitimidade para falarem do 25 de Abril de 1974. Me parece  que eles andam  a tentar brincar com o fogo?

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

"TRINCA - LÍNGUAS"

'TRINCA-PINTOS, TALVEZ MAIS CORRETO AO SEU PERFIL'
Por que não enfrentar o governo
Para que tenha a certeza de que não somos piegas
Dizer que das suas ameaças não temos medo
Se necessário ensiná-lo a ditar as regras
Por não fazerem sentido algumas palavras que diz
Os portugueses nunca foram cobardes
 Senhor primeiro-ministro, simples, aprendiz
Que só tem dito e feito disparates

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

"TEMOS QUE LUTAR PARA VENCER AS DIFICULDADES"

DE SORRISO VELHACO DISSE:
O país ganha muito com o fim da tolerância
Para este governo é o que mais interessa
Mesmo que o pobre fique mais pobre
E o rico mais rico permaneça 
Não me importo com o que o povo  sofre
 O governo com a sua autoritária arrogância
Com  a miséria que causa não se comove
Acrescentou depois de lembrar
Que a situação é de emergência
O executivo 
Foi obrigado quatro salários «roubar» eliminar.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

TOLERÂNCIA DE PONTO, NEM PENSAR!

O adeus às festas carnavalescas
Que em Portugal passam a ser proibidas?
Estamos a ser tratados pior do que bestas
Por causa das, cegas, medidas
Os impostos subiram
Criaram dificuldades
Tolerância de ponto proibiram
Pretendem acabar com as liberdades
Já chega de castigar
 Quem castigo não merece
Para quem não sabe governar
O povo não obedece
Até o Estado Novo venceram
A trabalhar e lutar com dignidade
Não esquecem o que, antes, sofreram
Para alcançar a liberdade
Não a  pretendemos perder
Nem a boca calar
Com justiça, a verdade irá vencer
Para que em Portugal
Possa continuar a ser
Festejado com alegria o Carnaval.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

'EIS A RECEITA DE OLIVEIRA SALAZAR'

'PRODUZIR, POUPAR E NÃO GASTAR'?
Consta que o homem é um ser destruidor
Por isso Portugal está sendo mal governado
Porque tem um primeiro-ministro roedor
Que, quando fala, melhor seria ficar calado
Tirar...Cortar...Para a Divida Pagar...
Noutra coisa já não pensa
Não se farta de falar
Só não diz que sofre de crónica doença
Toma decisões à toa
Prejudicam quem trabalha
Aquela gente boa
Que obedece e não ralha!
Nos poderosos ele não toca
Porque têm habilidade e manha
Dança ao som da música da tróika
E obedece ás ordens da Alemanha
País cujo Hitler pensou ser possível
Pela força conquistar todo o mundo?

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

BÊBADO SIM, MAS COM CLASSE!!

Um bêbado é detido pela polícia às 3 da manhã.
O agente pergunta:
-Aonde vai a esta hora?
O bêbado responde:
-Vou a uma palestra sobre o abuso do álcool e seus efeitos 
letais para o organismo, o mau exemplo,
as consequências nefastas para a família,
bem como o problema que causa na economia
familiar e a irresponsabilidade absoluta.
O agente olha sem acreditar e diz:
-Sério? e quem vai dar essa palestra a esta hora da madrugada?
-A minha mulher, claro! assim que eu chegar a casa!!!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

O SOGRO

Um tipo vai com a amante um motel e quando chega
vê o carro do sogro lá estacionado.
-AH! Olha o 
malandreco do meu sogro! Vou dar-lhe uma lição
que ele não vai esquecer nunca.
E zumba! rouba o rádio do carro e faz vários  riscos 
na chaparia com uma chave.
No dia seguinte foi visitá-lo e encontra-o furibundo.
- Então que se passa meu caro sogro para estar assim?
A minha querida sogra fez mais alguma das dela?
Aí ele esclarece esclarece:
Desta vez não, mas como é que não hei-de estar furioso,
se emprestei o meu carro à destravada da minha filha
e tua mulher para ir à igreja e roubaram-lhe
o rádio e ainda por cima o riscaram todo???

COM AMEAÇAS NÃO!

Portugal vai cumprir
Custe o que custar
Tens que primeiro sumir
Só estás a atrapalhar
Nunca, ninguém, quiseste  ouvir
Só tens feito disparate
Assim no inferno vamos cair
Por causa do Partido reformista
Que nos conduz à desgraça
Com o centro direitista
Que não passa de uma farsa
Até já disse que só ele saber
Os sacrifícios aplicar
Com a país a adormecer
E o governo a cair
Era isso que eu gostava de ver
Antes de ele tudo destruir! 

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010