segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O GATO GAGO.

Um professor estava  explicando ciência para o quarto ano na
escola:
"Os seres humanos são os únicos animais que gaguejam"-disse
ele.
Uma inocente menininha levanta a mão e diz:
-"Eu tinha um gato que gaguejava."
O professor, sabendo como são preciosas algumas dessas histórias,
pediu à jovem aluna para relatar sua história.
"Bem-começou ela -eu estava no quintal com o meu gatinho
quando o cão Rottweier do vizinho
veio correndo e antes que eu percebesse, pulou a cerca para o nosso
jardim!"
"Então foi muito assustador..."-disse o professor.
"Meu gatinho se arrepiou todo e começou falar !FFF...FFF...
FFF...FFF...FFF...FFFF".
Pena que antes ele que pudesse dizer "Fudeu!", o Rottweiler comeu
ele...

domingo, 29 de janeiro de 2012

CAVAQUISTAS DEFENDEM SAÍDO DE VÍTOR GASPAR DO GOVERNO.

Até que enfim. Começam a dar sinais de descontentamento. Aqueles que, embora, pertencendo ao partido político do actual governo. Entendem que o caminho escolhido, não é aquele que eles pretendem seguir, porque entendem e muito bem, estar errado. Que em nada contribui para o desenvolvimento do país,  acabando por destruir, o pouco que, ainda, resta  da sua, economia.

sábado, 28 de janeiro de 2012

POLÍTICOS E PALHAÇOS?

Não sou doente, nem fanático
Pela política, não me apaixonei
No Portugal  democrático
 Só e sempre a favor da justiça serei
Homem palhaço, profissão
Trabalhador do circo
Com talento transmite animação
Também há palhaço político
Esse só transmite confusão
Causador de conflitos
Até diz que trabalha para a Nação?
Diz o dito por não dito
Faz falsa afirmação
Na Assembleias aos gritos
Todos dizem ter razão.

PASSO EM FALSO

Que Cavaco Silva escolha queixar-se dos 10 mil euros da sua reforma neste momento é dos tropeções de estratégia politica mais penosos dos últimos tempos.
O Presidente da República intriga-me. É sempre bom não esquecer que durante mais de dez anos foi Cavaco Silva o timoneiro. Eram os tempos em que parecia que uma qualquer entidade europeia tinha engraçado com os nossos lindos olhos e resolvera inundar-nos de dinheiro. Mas foi o que se vê. Oportunidades perdidas, dinheiro esbanjado, dívidas acumuladas. Em grande parte deste período, estava lá Cavaco Silva. Em todo este cenário, dramático e previsível, Cavaco desde há muito que finge não ter nada a ver com o assunto. Depois, ainda assim, e ainda que raramente, decide falar. Para nos esfregar na cara lições de moralidade, e os incontáveis avisos.
Não percebo, pois, qual foi a necessidade de abolir os silêncios e variar nos avisos, para se queixar aos compatriotas da miséria das suas reformas. Que agora, logo agora, que o País começa finalmente a sentir na pele os efeitos reais de dificuldades sem precedentes. É dos tropeções de estratégia politica mais penosos dos últimos tempos.
Autor: Rodrigo Guedes de Carvalho.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

''O JOÃOZINHO NUMA DAS SUAS DIVERTIDAS BRINCADEIRAS''

O Joãozinho, durante as férias escolares, foi passar uns dias a casa da tia Albertina. Numa das suas divertidas brincadeiras na sala da mansão, com o carro miniatura vermelho, do qual muito gostava. Sua tia jovem e elegante, que por acaso nesse dia usava mini-saia. O Joãozinho sem querer olhou por debaixo da mesma e viu algo estranho para ele. E perguntou! Oh! tia o que é essa coisa preta que tu tens no meio das tuas pernas?
Respondeu: a tia dizendo! É o gatinho preto da tia Albertina-Mas, olha tia ele está de boca aberta se calhar tem fome! E Joãozinho continuou a sua brincadeira, sem nunca mais se ter esquecido do gatinho preto da tia Albertina! Findas as férias, Joãozinho regressa à escola, logo no primeiro dia de aulas. Joãozinho, que, ficava sentado na fila da frente da turma, entre esta e o quadro de lousa afixado na parede da sala, estava a secretária da professora. A qual se encontrava sentada numa cadeira junto da mesma de fronte para a turma. Vestia uma linda saia de algodão estampado, mantendo as pernas, ligeiramente, afastadas uma da outra. O Joãozinho que estava ali mesmo à sua frente e sempre muito atento nas aulas, a olhar para a professora, viu que ela tinha escondido debaixo da saia o gatinho preto da sua tia Albertina. Em silêncio ficou a pensar e, quando ao fim da tarde regressou a casa logo disse à sua mãe. Olha mãe, hoje, vi o gatinho preto da tia Albertina escondido debaixo da saia da senhora professora!!!

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

«NO PAÍS DE CAMÕES»

Neste país, à beira mar plantado
Onde se fala a língua de Camões
Está sendo, muito, mal governado
Ultimamente, só falam em milhões
Nem todos reclamam os seus direitos
Para alguns há isenções 
Com exagerados defeitos
Temos um governo, perito em confusões
A TAP, não vai cumprir
Não são minhas invenções
O governo, se deveria demitir
Antes de dar maiores trambolhões 
Os funcionários da CGD, saíram à rua
Porque dizem ter direitos contratuais
O descontentamento continua
Os do banco de Portugal
Dizem ter regalias espaciais
Mas que governo, é este afinal
Que tira a quem tem menos, para dar a quem tem mais!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

"INDIGNAÇÃO"!

 «OS LAMENTOS  DE UM PRESIDENTE
CONFUSO COM A ACTUAL SITUAÇÃO»
Vergonha Nacional
Um presidente pedinte
Atitude não normal
Já tentou convencer o ouvinte
Seu esclarecimento não convence
Sua explicação não tem fundamento
Alguns têm mais do que lhe pertence
São as leis do Parlamento
Fique a saber senhor presidente
Por ter assinado o orçamento
Vai para o desemprego muita gente
É o senhor, o causador do seu próprio lamento!

sábado, 21 de janeiro de 2012

"O CAUSA A DOR"!

«Tu que não és gentil»
Deixa viver, em paz, esta gente
Que partas mais cedo . . .
Também, não és figura de Abril
Repousa lá no «inferno» eternamente
Não impeças dos campos florir
Águas turvas discorrendo nos rochedos 
Pretende este povo poder sorrir
Não fazeis nossos olhos ledos
O que fazes não tem jeito
Das tuas palavras nefastas 
Do teu pensamento imperfeito
Que ao povo desagradas .

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

O PRESIDENTE E AS SUAS REFORMAS.

"AS MINHAS REFORMAS QUASE NÃO DÃO PARA DESPESAS"
Ao ler esta triste notícia
Não queria acreditar
No que o presidente dizia
Para as despesas não vão chegar
Disse o Presidente da República Portuguesa
Quase tive vontade de chorar
Por termos um presidente com tanta pobreza
Suas reformas me fizeram pensar
E os outros senhor presidente
Que os subsídios lhe vão cortar
Não são gente?
Temos um presidente pobrezinho
Que foi à comunicação social se lamentar
Tive tanta pena dele coitadinho
Teria sido melhor não falar!

domingo, 15 de janeiro de 2012

"NO PAÍS DAS INJUSTIÇAS"?

Defesa vai pagar férias aos militares
E os outros senhor ministro!
São filhos de pai  incógnito?
Os militares venceram
Deram ao governo, forte, abanão
Seus direitos defenderam
Com ameaça de revolução
«Viva a Maria da Fonte
A cavalo, sem cair, 
Para o povo acordar
Que continua a dormir
Com a corneta na mão
A tocar a reunir»
Precisa-se de uma Maria da Fonte
E de um  Marquês de Pombal
Para verdadeira revolução, avante 
Antes que destruam Portugal.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

DIVISÃO DE BENS

Quando Deus criou o Adão e Eva, disse aos dois:
- Tenho dois presentes para distribuir entre vocês um é para
fazer xixi em pé e...
Adão, ansioso, interrompeu, gritando:
- Eu! Eu! Eu! Eu quero, por favor...Senhor, por  favor,. Sim, iria
me facilitar vida substancialmente! Por  favor! Por favor!
Eva concordou e disse que essas coisas não tinham importância
para ela. Então, Deus presenteou Adão, que ficou maravilhado.
Gritava de alegria, corria pelo jardim do Éden fazendo xixi em
todas as árvores. Correu pela praia fazendo desenhos com seu
xixi na areia. Brincava de chafariz. Acendia uma fogueirinha e
brincava de bombeiro...
Deus e Eva contemplavam o homem louco de felicidade, até que
Eva perguntou a Deus:
- E Qual é o outro presente, Senhor?
Deus respondeu    
-Cérebro, Eva. O cérebro é seu.   
                           

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

GOVERNAÇÃO ESCANDALOSA!

Nem pensar  favoritismos  conceder
Palavras do actual primeiro-ministro de Portugal
Sempre a prometer
Na campanha eleitoral
Passos Coelho, dizia
Do anterior serei diferente
O pretendo demonstrar
Com dolo, fazê-lo pretendia
Para muita gente enganar
O que não tinha prometia
Ele o que queria era governar
Que do anterior seria diferente
Estas palavras pronunciar
A única que falou a verdade
Para pior  tudo mudara
Sem respeito pela liberdade
Nas suas mentiras muita gente acreditava
Com as rédeas do poder 
Tudo tem feito de contrário
Para o país mais empobrecer
Porque a maioria acreditou no conto do vigário 

sábado, 7 de janeiro de 2012

DE QUEM SERÁ A CULPA?

O que pensei, vou escrever
Lá se foi a 3ª. travessia
E com ela a Alta Velocidade
viveremos com menos alegria
Quando nos tirarem a liberdade!
Se por ela não lutarmos
A qualquer momento a podes perder
Sem os nossos direitos já ficamos
Se a economia não crescer
Sem trabalho e dinheiro ficamos.
As esperanças são poucas
O governo segurança não garante
Por causa das medidas loucas
O povo em pobreza alarmante.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

"MÁXIMO E MÍNIMO"

Se o governo fosse inteligente
Tabelava os salários
Em cinco mil euros o máximo
e o mínimo em mil euros
Mas,  assim, o não pretende
A pagar sempre os mesmos
 Os mesmos, sempre, menos receber
São os que para eles trabalham
É o povo explorado
Todos juntos vamos lutar
Para a crise vencer
Que se faça uma revolução
Para trocas de ordenado
Deste governo espertalhão
Eu o queria  ver, na pobreza obrigado 
Para saber o que custa não ter pão
Para dar a seus  filhos, quem 
  Por sua culpa ficou desempregado
O homem se apaixonou
Pelas medidas de austeridade
Com a Troika de "casou"?
Já pensa por fim  à  liberdade?
Até falaram em suspender a democracia
 Não escondem sua vontade
De roubarem ao povo a sua alegria.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

PREOCUPANTE

Que em perigo se transformará,
O que tentam esconder
Porque só se saberá
Depois do mal acontecer
Maçonaria , onde pretende chegar
E quais são os seus interesses
Do que desejam conquistar
De certeza que do povo não são esses
De organização secreta se trata
A verdade pretendem esconder
Estarão pensando  em falsa negociata
Da qual o povo não pode saber.

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010