segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

PORTUGAL VAI OU NÃO PRECISAR DE AJUDA DO EXTERIOR?

Portugal vai precisar de ajuda do exterior-Silva Lopes.
Perante esta notícia deve ou não o primeiro ministro esclarecer os portugueses?
Portugal vai precisar de ajuda do exterior para resolver os problemas, pois a pressão dos mercados «é muito forte», afirmou hoje o antigo ministro das Finanças, Silva Lopes. «Eu estou convencido de que sem ajuda externa Portugal não consegue resolver os seus problemas», disse o economista que falava à margem da conferência «Portugal 2011: Vir o fundo ou ir ao fundo?» a decorrer em Lisboa.
Segundo Silva Lopes, a reação dos marcados «é de tal maneira violenta» em relação a Portugal e a outros mercados vulneráveis, que «só com auxílio oficial é que poderemos escapar».
Entre os economistas e o Primeiro Ministro, qual deles estará a falar verdade? Os primeiros dizem que Portugal precisa de ajuda externa, enquanto que o segundo diz que não. Qual será o interesse do senhor primeiro ministro,  em esconder a situação real do país, ao ponto de tentar  iludir os portugueses de uma realidade que não existe?

sábado, 29 de janeiro de 2011

KANIMAMBO


Recordar, ver e  ouvir, na linda  voz de Manuela Bravo,  Kanimambo.

29 DE JANEIRO AS HISTÓRIAS DESTE DIA.

Descrição:- Neste dia, em 1886, Karl Benz registou a patente do primeiro automóvel movido a gasolina. Em 1945 foi fundado o jornal a Bola. Em 1845, o poema "O Corvo", de Edgar Allan Poe, foi publicado pela primeira vez. Em 2002 George W Bush cunhou a expressão "eixo do mal", para referir os países que patrocinam o terrorismo internacional. Nasceram Anton Chekov, Oprah Winfrey, Michelle Brito e Simon Vucekic. Em 1983, a banda australiana Men at Work conseguiu chegar ao nº. 1 do top inglês com este Down U.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

1580 INVASÃO DE PORTUGAL PELO EXÉRCITO DE FILIPE II DE ESPANHA

Algumas pessoas defendem que seria melhor para os portugueses a anexação de Portugal à Espanha?  Ora vejamos o que se passou a partir de 1580, Portugal e o seu Império ficam sob o domínio de Espanha. Esse domínio durará 60 anos. No dia 1 de Dezembro de 1640, a nobreza, interpretando o sentimento geral, recupera, através de uma revolta, a independência do País. O trono é entregue ao descendente dos reis portugueses, D. João, duque de Bragança.
A partir de 1580, o Império Colonial Espanhol, amplia-se grandemente. Como vês deles passam a fazer parte os territórios portugueses de Além-Mar. Com efeito, em 1580, Portugal perde a sua independência ficando sob o domínio espanhol (1580 a 1640). A Espanha torna-se, assim, a maior potência imperialista da época.
Na segunda metade do séc. XVI a Espanha possui o domínio da rota da prata, precioso metal que vai buscar ao México e ao Peru. Este facto coloca-a numa posição económica altamente privilegiada relativamente aos outros países europeus, em virtude da importância que os metais nobres têm para o comércio.
Senhora de vastos territórios, quer na Europa quer Além-Mar, a Espanha é portanto um país rico e muito poderoso. - O domínio político da Espanha sobre Portugal terá  tido consequências económicas para o nosso país? Sevilha, cidade espanhola. torna-se nesta altura o grande centro de tráfego marítimo, passando Lisboa a ocupar um lugar segundário. Alguns países europeus, também importantes economicamente - Inglaterra, França e Holanda - organizam as suas próprias expedições comerciais aos mercados orientais o ocidentais, procurando diminuir o poderio económico espanhol.
Estes países, sentindo-se fortes, procuram ainda pôr em causa o domínio territorial de Espanha. Atacam mesmo certas regiões do seu vasto Império, conquistando algumas. As vastas possessões coloniais que constituíam o Império Português ressentem-se desta crise política, sendo muitos dos nossos territórios atacados pelos países inimigos de Espanha.
Os nossos navios encontram cada vez mais dificuldades no comércio marítimo, quer no Atlântico, quer no Indico, pois, circulando debaixo da bandeira espanhola, são frequentemente atacados e saqueados pelos navios inimigaos.

Perder a nossa independência, de País soberano, a favor de uma possível anexação à Espanha, para mim essa hipótese está fora de questão. Não seria bom para Portugal, muito menos os portugueses, penso eu?!

sábado, 22 de janeiro de 2011

A VIDA DO POVO, NO SÉCULO XVIII

A VIDA DO POVO, principalmente para aquele que se encontrava afastado da capital, não sofreu modificações durante o século XVIII.
      Lembras-te em que se ocupava, o que comia, o que vestia, como se destraía no século VXII? Pois bem, podes dizer o mesmo a respeito daqueles que viveram nos cem anos seguintes.
      Em Lisboa, embora o homem do povo continuasse a desempenhar as mesmas tarefas (o pequeno comércio, o comércio ambulante, os vários ofícios, os trabalhos domésticos), a sua vida foi diferente, porque diferente era já, nalguns aspectos, a vida da cidade.
       Os cegos percorriam as ruas vendendo a «literatura de cordel». O povo era analfabeto, mas gostava dessas histórias fantásticas e maravilhosas e, por isso, juntava-se em determinados locais  a ouvir ler. Os pretos encarrecados de caiar as casas vestiam um fato às listas e punham na cabeça um chapéu de dois bicos - trajo que causava o encanto da garotada.
       Ao pregão dos três mil aguadeiros galegos que distribuíam a água em barris (só muitos anos depois haverá água canalizada) juntavam-se o «aio! aio!» das pretas vestidas de encarnado, oferecendo mexilhão.
       A medicina continuava muito atrasada: as purgas, os clisteres e as sangrias eram os meios usados tanto por médicos como por curandeiros para tratar de todas as espécies de doenças. Era frequente verem-se entre os vários apetrechos dos barbeiros ambulantes uma tigela, lancetas e uma caixa com sanguessugas, «bichas» destinadas a sugar o sangue nas zonas do corpo consideradas infectadas...
       Foi neste século que a ópera italiana e os teatros do «Pátio das Arcas» (já afamado no século anterior), do Bairro Alto e dos Condes atingiram grande prestígio. Para o povo, porém, o grande local de diversões era a rua, Era na rua que ele assistia ao teatro de fantoches, ao «fandango» e às «cheranças», dançados ao som da guitarra, às exibições dos bobos que tinham começado nessa altura a abandonar o paço do rei e dos nobres. Mas o espectáculo mais apreciado continuava a ser a tourada. Embora festa de fidalgos, o povo tomava parte activa nela, pois as corridas de toiros realizadas neste século foram precedidas por danças populares.
       Mesmo nas procissões - outro espectáculo que tanto agradava ao povo - as danças não faltavam.
       Era assim que os portugueses viviam no século XVIII,  certamente, seria melhor do que no século anterior. Todavia nenhum de nós, gostaria que  os nossos netos recuassem ao tempo do século XVIII. Portanto, em vésperas de eleições presidenciais, não tão importantes como as legislativas. no entanto, não nos podemos esquecer que o futuro depende do nosso voto?

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

O QUE É O SEXO AFINAL???

SEGUNDO OS MÉDICOS
é uma doença, porque acaba sempre na cama.
PARA OS ADVOGADOS
é uma injustiça, porque há sempre um que fica por baixo.
SEGUNDO OS ALENTEJANOS
é uma máquina perfeita, porque é a única em que se trabalha deitado.
SEGUNDO OS ARQUITECTOS
é um erro de projecto, porque a área de lazer fica muito próxima da área do saneamento.
SEGUNDO OS POLÍTICOS
é um acto de democracia perfeito,porque todos gozam independentemente da posição.
SEGUNDO OS ECONOMISTAS
é um efeito perverso, porque entra mais do que sai. Às vezes, nem se sabe bem o que é acto, passivo,ou se há valor acrescentado.
SEGUNDO OS CONTABILISTAS
é um exercício perfeito:  entra o bruto, faz-se o balanço, tira-se o bruto e fica o líquido. Em alguns casos, pode ainda geral dividendos.
SEGUNDO OS MATEMÁTICOS
é uma equação perfeita. A mulher coloca a unidade entre parêntesses, eleva o membro à potência máxima e extrai-lhe o produto reduzindo-o à sua mínima expressão.
SEGUNDO OS PSICOLOGOS
é fodido de explicar.                           

GUTERRES DEIXA CARGO DE CONSULTOR DA CAIXA

Maria Ana Barroso
20/01/11, 08,50

O antigo primeiro-ministro era assessor da administração do banco estatal desde 2002.

António Guterres, antigo primeiro-ministroe actual Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, deixou a Caixa Geral de Depósitos (CGD), onde tinha assumido funções de consultor da administração em 2002.

A saída do banco estatal aconteceu em simultâneo com a passagem à reforma do ex-governante, que completou em Abril 61 anos de idade. A reforma aconteceu em Junho do ano passado, altura em que pediu para se desvincular da Caixa Geral de Depósitos (CGD), embora em teoria pudesse manter-se em funções.

António Guterres suspendera as funções que ocupava na Caixa Geral de Depósitos (CGD) em 2005 mas a saída definitiva aconteceu apenas no ano passado.

Mais um para juntar a muitos outros que esteve a "mamar nas tetas da vaquinha", até ficar com a barriga bem cheia.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

«O BARBEIRO

Certo dia um florista foi ao barbeiro para cortar seu cabelo. Após o corte, pertougou ao barbeiro o valor do serviço, eo barbeiro respondeu :
-Não posso aceitar seu dinheiro porque estou prestando serviço comunitário essa semana. O florista ficou feliz e foi embora. No dia seguinte, ao abrir a barbearia, havia um buquê com uma dúzia de rosas na porta e uma nota de agradecimento do florista.
Mais tarde no mesmo dia veio um padeiro para cortar o cabelo. Após o corte, ao pagar, o barbeiro disse:
-Não posso aceitar seu dinheiro porque estou prestando serviço comunitárioessa semana.
O padeiro ficou feliz e foi embora. No dia seguinte, ao abrir a barbearia, havia um cesto com pães e doces na porta e uma nota de agradecimento do padeiro.
Naquele terceiro dia veio um deputado para um corte de cabelo. Ao vê-lo puxar a carteira para pagar, o barbeiro disse:
-Não posso aceitar seu dinheiro , porque estou prestando serviço comunitário essa semana. O deputado ficou feliz e foi embora. No dia seguinte, quando o barbeiro veio abrir sua barbearia, havia uma dúzia de deputados fazendo fíla para cortar cabelo.

Essa hístória ilustra bem a grande díferença entre os  cidadãos do nosso país e os políticos que o administram.

Políticos e fraldas devem ser trocados com frequência, e pelo mesmo motivo»

domingo, 16 de janeiro de 2011

SÓ JARDIM E MADEIRA VÃO PODER ACUMULAR SALÁRIO COM PENSÕES

Nem Cavaco Silva conseguiu escapar ás novas regras de austeridade. Alberto João Jardim e outros seis políticos madeirenses não vão ser abrangidos pela proibição imposta pelo Governo de acumular a reforma com vencimento que recebem como títulares de cargos políticos.

A medida, prevista no orçamento de 2011 e um decreto-lei que altera o Estatuto da aposentação, não pode ser aplicada nas regiões autónomas, dado ser matéria sobre a qual só a Região pode legislar.

Enquanto isso não acontecer, Jardim pode continuar a receber a pensão de cerca de 4.000 euros  na totalidade, em simultâneo com o ordenado de presidente do Governo Regional, na mesma situação está o presidente do parlamento regional, Miguel Mendonça um, secretário regional, três deputados PSD/M e um do PS.

A situação não é semelhante nos Açores porque, desde 2005, Carlos César ajustou o estatuto dos políticos açorianos ao do continente.

Cavaco Silva, que beneficiava de uma excepção na lei, vai ter de optar entre receber o ordenado ou uma das duas pensões de reforma a que tem direito (do Banco de Portugal e da Caixa Geral de Aposentações).

Senhor Alberto João, com essa folha de papel na mão, cuja  palavra escrita (palmas), fica mal na fotografia. Principalmente, quando se trata de um político. Que deveria ter mais respeito por quem trabalha para que, o senhor  receba  muito dinheiro, enquanto que aí na "Pérola do Atlântico", como é conhecida a Madeira, também haverá  pessoas com fome. "O povo madeirense pode pensar que se trata se uma provocação".

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

NOTICIAS DE LUANDA- ANGOLA

O Presidente da Administração da EDEL, Fernando Manuel, disse esta quinta-feira em Luanda  que a empresa prevê centrais até o próximo ano 25 subestações em vários municípios da provincia, de Luanda. Uma iniciativa no âmbito do plano estratégio de melhoria do fornecimento de energia eléctrica à capital do país.
Segundo o responsável, a empresa pretende atingir mais de 500 mil clientes, superando os 280 mil existentes. Essas infra-estruturas permitirão a construção de ramais que alimentarão as partes de média tensão, para fazer as ligações domiciliárias nos nove municípios da provincia.
Actualmente Luanda conta com 11 sub-estações, o que permitem aumentar a potência instalada para 530 MVA.
A Empresa de Distribuição Eléctrica de Luanda tem também uma estratégia a melhoria da qualidade regularidade do fornecimento de energia eléctrica, aumentar o acesso, a eficácia comercial bem como optimizar os recursoa disponíveis.
Luanda está a recuperar, o que durante mais de trinta anos perdeu, divido à guerra entre o MPLA, partido do actual governo, e o movimento de UNIÃO NACIONAL PARA A INDEPENDÊNCIA TOTAL DE ANGOLA, UNITA.
Esperamos que brevemente, quem em Angola nasceu, bem como aqueles que por lá passaram, por diversos motivos, e que devido à descolonização tiveram que sair de Angola, possam lá voltar, para recordar toda a beleza que naquele país existe. Para mim Angola é uma paixão inesquecível.

sábado, 8 de janeiro de 2011

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS

Manuel Alegre e Cavaco Silva
Aproxima-se o dia dos portugueses irem às urnas, através do voto democrático e livre, escolher o futuro presidente da República Portuguesa. O duelo final vai ser entre Cavaco Silva e Manuel Alegre. Um deles vai ser eleito  presidente da república para os  próximos cinco anos.
Quer vença Cavaco ou Alegre. As condições de  vida dos Portugueses em nada vai melhorar. Se Cavaco for eleito, o actual  governo vai continuar com o seu apoio. Não acredito que ele vá dissolver a Assembleia da República, para entregar o governo ao PSD, sem  maioria  absoluta. Só um louco o faria. E ele Cavaco Silva de louco não tem nada. Se, porventura, o povo escolher Manuel Alegre para Presidente da República Portuguesa. Este por sua vez, também, não vai dissolver a Assembleia da República. Visto ser apoiado na sua candidatura pelo actual Primeiro Ministro. Ambos pertencentes ao mesmo partido político. Portanto, vença  Cavaco, ou vença Alegre, as eleições presidenciais. A vida de alguns portugueses vai continuar na mesma, como até aqui, ou para pior, enquanto que outros vão, continuar a,  encher os bolsos. Infelizmente  é, esta a realidade em que vivemos. Graças às  incompetências e corrupção dos actuais políticos que governam Portugal!

CAVACO SILVA COMPROU ACÇÕES DA SLN A "PREÇOS DE SALDO"

CAVACO COMPROU ACÇÕES DA SLN a "preços de saldo"
Económico
08/01/11 13:43:

O actual Presidente terá comprado acções da antiga dona do BPN por um preço mais baixo do que os outros accionistas.

A informação é avançada hoje pelo semanário Expresso e pelo jornal Público, que escrevem que  Cavaco Silva comprou os títulos a um euro quando quase todos os accionistas pagaram entre 1,80 euros e 2,20 euros por cada acção.

O candidato presidencial terá tido um tratamento especial quando adquiriu 105.378 acções da Sociedade Lusa de Negócios (SLN). em 2001, por um euro cada. Na altura, Cvaco Silva estava afastado de qualquer cargo de responsabilidade política.

Meses antes, tinha sido realizado um aumento de capital da SLN e, nessa altura, o valor dos títulos foi fixado em três categorias distintas: 1.80 euros  para os accionistas, 2.20 euros para outros investidores e um euro por cada acção para umlote de acções que Olivira Costa reservou para si e para algumas sociedades do grupo, entre elas a SLN valor. As 105.378 acções que Cavaco comprou faziam parte deste lote.

Dois anos depois, em 2003. o candidato presidencial vendeu as acções que tinha na SLN ao presidente do grupo, Oliveira Costa, também a um preço mais baixo: 2.40 euros, porque também houve quem tenha vendido a 2.80 euros.

O actual Presidente conseguiu, ainda assim, uma mais-valia de 147%.
Cavaco Silva garantiu ontem que não voltará a falar sobre o assunto.

Senhor Presidente Cavaco Silva, se não tem nada a esconder, como o afirma, então porque não esclarece todos as dúvidas que existem sobre a compra e vendas acções?

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

QUANDO FOR A CONDUZIR, NÃO UTILIZE O TELEMÓVEL.

video
O uso do telemóvel durante a condução automóvel pode acabar em tragédia. Tenha atenção às imagens do video .

DEPOIS DE TER PERCORRIDO A EUROPA, FOI NESTE ESTADO QUE CHEGOU A PORTUGAL.

                          
                                Este Galo quase depenado
                                 Muito magro está ficando
                                 Na Alemanha encontrado
                                 Pelo amigo José Bergano.

                            Que para Portugal o recambiou
                            Depois de muitos anos trabalhar
                           Foi pouca a sorte que encontrou
                             Ninguém o mandou aventurar.

                                  Seu futuro como irá ser
                                Neste seu país que deixou
                                 Reforma não vai receber
                                Foi pela Europa que andou

                                 Portugal está quase falido
                               Sem dinheiro para reformas
                                Da Alemanha foi despedido
                               Já não respeitam as normas.

                         Amigo galo ao teu país és bem vindo
                        Foi neste pobre cantinho que nasceste
                          Partiste e deixaste o teu amiguinho
                         Passas fome mas ainda não morreste.

                             Tem cuidado com a gatunagem
                              Agora temos pouca segurança
                             Estamos cheios de malandragem
                           Neste Portugal de pouca esperança?

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

PORTUGAL PRECISA URGENTEMENTE DE UM ANALFABETO?

PUBLICADO NA REVISTA "THE ECONOMIST" -  LULA, O ANALFABETO?  É pouco ou querem mais FHC, o farol, o sociologo, entende tanto de sociologia quanto o governador de São Paulo José Serras entende economia. Lula, que não entende de sociologia, levou 32 milhões de miseráveis e pobres à condição de consumidores; que não entende de economia, pagou as contas de FHC, zerou a dívida com o FMI e ainda empresta aos ricos (USA).
Lula, o "analfabeto", que não entende de educação, criou mais escolas e universidades que seus antecessores juntos, e ainda criou o PRÓ-UNI, que leva o filho do pobre à universidade.
Lula, que não entende de finanças nem de contas públicas, elevou o salário mínimo de 64 para mais de 200 dólares e não quebrou a previdência como queria FHC.
Lula, que não entende de psicologia, levantou o moral da nação e disse que o Brasil está melhor que o mundo.
Embora o PIG - Partido da Imprensa Golpista, que entende de tudo, diga que não.
Lula, não entende de engenharia, nem de mecânica, nem de nada, reabilitou o proálcool, acreditou no biodiesel e levou o país à liderança mundial de combustíveis renováveis.
Lula, que não entende de política, mudou os paradigmas mundiais e colocou o Brasil na liderança dos países emergentes, passou a ser respeitado e enterrou o G-8.
Lula, que não entende de política externa nem de conciliação, pois foi sindicalista brucutu, mandou às favas a ALCA, olhou para os parceiros do sul, especialmente para oa vizinhos da América Latina, onde exerce liderança absoluta sem ser imperialista.. Tem fácil trânsito junto a Chavez, Fidel, Obama, Evo etc. Bobo que é, cedeu a tudo e a todos.
Lula, que não entende de mulher nem de negro, colocou o primeiro negro no Supremo (desmolalizado por brancos), uma mulher no cargo de primeira ministra, e pode fazê-la sua sucessora.
Lula, que não entende de etiqueta, sentou-se ao lado da rainha e afrontou nossa fidalguia branca de lentes azuis.
Lula, que não entende de desenvolvimento, nunca ouviu falar de Keynes, criou o PAC, antes mesmo que  o mundo inteiro dissesse que é hora de o Estado investir, e hoje o PAC é um amortecedor da crise.
Lula, que não entende de crise, mandou baixar o IPI e levou a indústria automobilística a bater recorde no trimestre.
Lula, que não entende de português nem de outra língua, tem fluência entre os líderes mundiais, é respeitado e citado entre as pessoas mais poderosas e influentes no mundo atual.
Lula, que não entende de respeito a seus pares, pois é um brucutu, já tinha empatia e relação dire C ta  com Bush - notado até pela imprensa americana - e agora tem a mesma empatia com  Obama.
Lula, que não entende nada de sindicato, pois era apenas um agitador, é amigo do tal John Sweeny e entra na Casa Branca com credencial de negociador, lá nos "States".
Lula, que não entende de geografia, pois não sabe interpretar um mapa, é ator da mudança geopolítica das Américas.
Lula, que não entende nada de diplomacia internacional, pois estará preparado, age com sabedoria em todas  as frentes e se torna interlocutor universal.
Lula, que não entende nada de história, pois é apenas um locutor de bravatas, faz história e será lembrado por um grande legado, dentro e fora do Brasil.
Lula, que não entende nada de conflitos armados nem de guerra, pois é um pacifista ingênuo, já é cotado pelos palestinos para dialogar com Israel.
Lula, que não entende nada de nada, é melhor que todos os outros.
Alem de receber o premio de estadista GLOBAL.
Pense: O que faria este homem, se entendesse de alguma coisa.....???
NÃO NOS FALTA, A DIRIGIR PORTUGAL, UM ANALFABETO???
É QUE SÓ TEMOS ENGENHEIROS E DOUTORES...

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

IMAGEM DO LAGO NIASSA - MOÇAMBIQUE

Agosto de 1964, pôr de Sol em Metangula - Lago Niassa - Moçambique, um paraíso por muitos desconhecido. Digno de ser visitado para, aqueles que o não conhecem, terem a certeza de que não estou a mentir.

IMAGENS DA PRESENÇA DO BATALHÃO DE CAÇADORES 598, NA INAUGURAÇÃO DO AEROPORTO DE VILA CABRAL.


Régulos do Niassa aguardando o presidente Américo Tomaz
Esperando chegada do presidente Américo Tomaz.
Força Militar do Batalhão de Caçadores 598,
a desfilar frente à torre de control.
População civil aguarda  chegada do Presidente Américo Tomaz.
O Presidente Américo Tomaz, chegou e foi recebido pelas autoridades civis e militares presentes. Passou revista às tropas,  na  parada, cuja guarda de honra  fizeram, tendo, depois,  procedido à inauguração do novo aeroporto de Vila Cabral. Agosto de 1964. Estas imagens foram-me enviadas pelo ex-furriel miliciano Joaquim Martins Leiras.

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010