sexta-feira, 28 de setembro de 2012

"O CACHORRO QUE VIVE COMO DEPUTADO?"

Será que é uma mera coincidência? Estava eu a pensar...O meu cão dorme em média 18 horas por dia. Tem toda a comida preparada, e pode comer qualquer coisa sempre que lhe apeteça. A comida é-lhe fornecida sem qualquer custo. Tem cuidados médicos uma vez ao ano, ou quando necessário, e não paga nada por isso. Mora numa zona central ,  com boa vizinhança e numa casa que é muito maior do que ele necessita, mas não necessita de limpar nada. Se fizer porcaria, alguém limpa. Escolhe os melhores lugares da casa para fazer a sua soneca e recebe essas acomodações completamente grátis. Vive que nem um rei e sem que isso lhe acarrete qualquer despesa extra. Todos os seus custos são pagos por outras pessoas que têm de sair de casa para ganhar a vida todos os dias.
Eu estive a pensar sobre isto e, de repente, concluí...raios me pertam!!!...O meu cão é deputado!!!..."

11 comentários:

  1. Ahahahahah! Mas que bela conclusão. :)))
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. O meu gato é igual... e se lhe dou comida de lata (mais barata)... o gajo faz chantagem e... MAIS UMA GREVE DE FOME!

    ResponderEliminar
  3. O cachorro não tem culpa o culpado é o dono do cachorro, que rouba do povo para se beneficiar de qualquer situação, eduardo tem um recado importante lá no blog convido você para dar uma passadinha lá, clique em:
    http://lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/2012/09/recado-importante-para-os-amigos.html

    ResponderEliminar
  4. Meu querido amigo!!!

    Tu és demais...adorei tua colocação...me fez rir alegremente, mas pensando bem....da vontade é chorar....
    Um abraço bem apertado
    da verinha

    ResponderEliminar
  5. rsrsrsrsrs, essa foi minha reação ao ler isto, gostei do raciocínio. Bjs!

    ResponderEliminar
  6. Não, o seu cão vale mais que qualquer deputado (quase me enganava e escrevia deputedo). Vamos comparar: O seu cão é isso tudo que descreve mas... pode ter a certeza que é um dos seus melhores amigos. Faz-lhe companhia, agradece lambendo-lhe as mãos quando o acarinha, alerta-o quando algum ladrão se aproxima para o roubar, enfim, um sem- número de utilidades. O deputado não lhe faz a companhia amiga e desinteressada do seu cão; fica-lhe mais caro; não agradece o bem que lhe faz; não só o não avisa da aproximação dos ladrões como é ele o próprio ladrão ao contribuir para que o roubem. Então? Prefere ficar com o cão ou trocá-lo por um deputado? Cá para mim prefiro o cão. Fica-me mais barato e agradece-me o bem que lhe faço.

    ResponderEliminar
  7. Cá para mim o teu cão já é Ministro, com todas essas benesses, só lhe falta o Audi de gama alta e o condutor, mas fica com o cão porque como diz o amigo Veloso, (É teu amigo).
    O meu abraço

    ResponderEliminar
  8. kkkkkkkkkkkkk
    Palavra que eu estava a pensar que ia dizer que actualmente vida de cão é que é boa.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  9. Grandes raciocínios para terminar em beleza o mês de setembro.
    O Eduardo acha o cão igual a deputado porque vive à sua custa e o Veloso acha que cão é muito melhor que deputado. Eu também acho que deputado está muitos degraus abaixo de cão. E também lambe, não as mãos mas as botas de quem lhe arranjou o tacho.

    ResponderEliminar
  10. Quer dizer que tenho de propor que o meu cão vá para deputado? é que o meu não tem estas regalias todas, coitado até dorme na rua, nas próximas eleições não falha, vai assumir o seu lugar em S. Bento.
    Um abraço
    Virgilio

    ResponderEliminar
  11. Olá Edu


    Adorei o post...
    Que sua semana seja especial como você...
    Obrigada pelos comentários sempre tão encantadores.

    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010