terça-feira, 24 de maio de 2016

"IMAGEM DO REFEITÓRIO CAMPAL"

Voltando atrás no tempo,
para o Rio Lunho recordar
junto dele bem me lembro
cumprindo o serviço militar!

Os generais não corriam perigo,
a guerra era uma mina atulhada em ouro
estavam bem protegidos lá no seu abrigo
as comissões em África para eles era gozo.

O Rio Lunho foi considerado,
mais tarde, Estado de Minas Gerais
 nos gabinetes faziam a guerra os generais
 para os soldados a combaterem no mato.

Até tenho saudades desse tempo,
mas, não da guerra, porque matava
da juventude que foi levada pelo vento
nunca mais por mim foi encontrada!
(Edumanes)

2 comentários:

  1. Olá Edu!
    Quantas memórias essa fotografia deve trazer pra ti. Tempo que não volta, mais que deixou boas lembranças.
    Quem me dera poder ter a chance de voltar um pouco lá atrás pra viver um pedaço de minha vida que não foi vivida da maneira que gostaria.
    Adorei seu poema Edu. Me fez pensar um pouco...

    Um abraço e ótima semana!

    ResponderEliminar
  2. Edu, ontem ao comentar acabei esquecendo de agradecer pela poesia. Fiquei feliz com o carinho dos versos. Grande poeta é tu!
    Obrigada!
    Abração e ótima semana!

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010