terça-feira, 9 de setembro de 2014

"DEVANEANDO POR AI"

Me contento...sem sair daqui!
devaneando por ai...no pensamento.

Sem saber fiquei,
como resolver o problema
numa sena que presenciei
nela encontrei o tema.

Por isso deve ser substituído,
só atrapalha não desembaraça
tanto tempo e dinheiro perdido
no futebol, selecção desorientada?

De repente ouvi coaxar uma rã,
porque perdi do bolso o único pataco
que, inda, tinha para comprar uma marrã
pois não comprei nem a marrã nem o cavalo
por causa disso não fui à feira da Golegã
porque atirei uma pedra no charco!

 Quando fui à Figueira da Foz,
passei por baixo de uma nogueira
em cima da tola caiu-me uma noz
pensei, mas não disse asneira.

Estava um parasita escondido,
adormecido no couro cabeludo
um jovem forcado ficou ferido
nos cornos de um toiro testudo!
(Eduardo Maria Nunes)

2 comentários:

  1. Da figueira te caiu uma noz
    Melhor que tivesse caído um figo
    Era dura e deixou-te sem voz
    Asneira não saiu por seres um bom amigo.

    ResponderEliminar
  2. Hoje também eu escolhi o tema do futebol e parece que a nossa opinião não é muito diferente.
    Da noz e da nogueira, do figo e da figueira foi o que mais me agradou nos teus versos de hoje.
    Moral em alta para ser feliz é o que faz falta!

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010