segunda-feira, 11 de agosto de 2014

"ENQUANTO HOUVER ÁGUA NO MAR"

(IMAGEM GOOGLE)
Não tenho fome, não tenho sede!
já não sei mais em que pensar
se maldade no mundo não houvesse
 enquanto houver água no mar
 a vegetação aqui na terra cresce...
Se alguma vez o mundo acabar
a terra fica às escuras, o sol desaparece
 não estarei cá para ver o fenómeno
as nuvens deixarão de voar...
 de observar os astros, deixará o astrólogo
a lua e as estrelas no céu deixarão de brilhar
não filosofará mais o filosofo!
(Eduardo Maria Nunes)

8 comentários:

  1. Apanhaste a miúda mais gira que passou pela praia do Almograve!
    És um caçador com olho para o negócio!

    ResponderEliminar
  2. OI EDUARDO!
    UMA MUSA E TANTO PARA ABRILHANTAR TEUS VERSOS.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. Se não houvesse maldade no mundo viveríamos em paz...

    ResponderEliminar
  4. Enquanto houver água no mar
    Vamos vendo saltar os peixinhos
    Vendo sereias a passear
    E a quem darmos nossos carinhos.

    Abração

    ResponderEliminar
  5. Olá Eduardo! Espero que não fiques com ciúmes, gostei do poema, mas, adorei a ilustração. Rsrs.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderEliminar
  6. Tens "olho" para o negócio do Mar e... não és marinheiro; se foras
    outra "água" cantaria, não?
    A verdade é que anda muita gente com demasiada areia na "camioneta" e água a mais nos seus miolos.


    Abraços


    SOL

    ResponderEliminar
  7. Enquanto houver pessoas com lindos sentimentos como os teus, podemos ficar despreocupados....



    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  8. Enquanto tiver água no mar, vai ter musas por lá, Eduardo abraços.
    Blog /Fan Page / Twitter /

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010