terça-feira, 24 de junho de 2014

"MARTELINHO"

São João molhado!
bate na cabeça o martelinho
com pão e chouriço assado
sardinhas, broa e vinho.

São Pedro, o culpado?
paga a divida Zé Povinho
deste Portugal endividado
na panela foi cozinhado
depenado, o passarinho.

Bota abaixo saboreando!
para esquecer um copinho
não se sabe até quando
 irá durar esse bailinho.

No chão batendo o pé!
rebentam balões no ar
não importa de onde é
toda a noite a dançar
no salão tanto banzé!

Santo António de Lisboa,
viva o São João do Porto
aqui na terra a vida é boa
por isso é que dura pouco!
(Eduardo Maria Nunes)

4 comentários:

  1. Viva o S.to António do Carrascal, o São João da Figueira e o São Pedro da Cova-Gala, toma e vai-te curar!
    Com este abraço.

    ResponderEliminar
  2. Mas que rico São João o meu amigo descreveu neste beli poema.
    E não é que tem razão!
    Uns dançam outros enfrascam e os OUTROS pagam as favas.
    Um abraço amigo Eduardo.

    ResponderEliminar
  3. Maravilha de poema. Só falta arranjar alguém entendido em música que faça dele uma marcha para as festas do S.Pedro que aí vêm.

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010