terça-feira, 29 de abril de 2014

"A BELA AVENTUREIRA"

A bela aventureira!
andava à procura do amor
   A Joaninha e a Borboleta
   pousadas na mesma flor.

Chegou a primavera,
o sol, fonte de calor
aquela moça tão bela
no jardim, linda flor.

 Voando no pensamento,
tem bolinhas o vestido dela
com os cabelos ao vento
a felicidade mora com ela.

Fui ao encontro dela,
de repente desapareceu
no céu voava uma arvéola
não sei o que aconteceu.

 das noites bem vividas,
as saudades são tantas
de verdes folhas vestidas
Vi no campo as plantas.

Quando tudo se pensa ter,
são esperanças não perdidas
dos olhos as lágrimas a correr
lá ficaram na terra caídas.

Saúde, paz e amor na vida!
o importante valor da amizade
aquela elegante moça atrevida
com amor encontrou felicidade!
(Eduardo Maria Nunes)

4 comentários:

  1. O bom é que aquela boça aventureira pode encontrar a felicidade no amor. Isto compensa tudo.
    Abração e obrigado pelos lindos poema de respostas que tu deixas lá no blog.

    ResponderEliminar
  2. Oi Edu,linda poesia à uma aventureira,mas se ela encontrou outro amor o que se há de fazer é entender e deixar outro amor chegar.

    bjs amigo e obrigada pela visita e os lindos versos no meu espaço.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  3. Vês como eu tinha razão?
    Assim pões a audiência a sonhar com coisas bonitas e sentem-se mais felizes.
    De desgraças já estamos fartos.

    ResponderEliminar
  4. Oie meu querido amigo Edu, cheguei aqui e como sempre me deparo com suas lindas e belas poesias, e com carinho deixo-lhe uma frase de Eça de Queiroz um grande escritor português: A vida é uma grande aventura, da qual sempre temos que viver o hoje como se não houvesse amanhã
    Bjus de luz e paz
    Clarice

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010