domingo, 30 de março de 2014

" DIA 23 DE NOVEMBRO...ANO DE 1964"

Debaixo de um Unimog, pereceu!
Numa picada, na zona do Rio Lunho
Um soldado português, se perdeu
Foi por causa de um pedregulho
Longe da sua terra aconteceu
Morreu por causa da guerra
Mas, na guerra não morreu!

Sem poder da morte se defender!
Debaixo de um Unimog, que capotou
Ninguém imaginava que iria acontecer
 De onde já sem vida a gente o tirou!

O motivo  de estarmos a exercer!
Naquela zona manobras militares
Era necessário o terreno reconhecer 
Estar atentos a possíveis ataques!

Tinha o primeiro ataque acontecido!
No Cobué, noite 25/26 de Setembro
Pela (Frelimo), ao Posto Administrativo
Nesse ano de 1964, bem me lembro!

De luto se vestiu no dia 23 de Novembro!
 O Batalhão de Caçadores 598, em Vila Cabral
Naquele dia a morte foi o triste acontecimento
 Norte de  Moçambique, longe de Portugal!
(Eduardo Maria Nunes)

5 comentários:

  1. Quando chega nossa hora, nada nem ninguém segura...Tinha que ser como foi...

    Um abraço e boa semana!

    ResponderEliminar
  2. Essas recordações custam a apagar-se da nossa memória!

    ResponderEliminar
  3. Não serve de consolação, mas não foi o único, milhares de Jovens na flor da idade por lá ficaram, nem o funeral o regime se dignou fazer.
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente, naquelas terras do Rio Lunho , Nova Coimbra e Miandica morreram muitos jovens Portugueses

    ResponderEliminar
  5. As imagens são ótima. Uma grande recordação.
    Gostei imenso do poema.

    Ando ausente devido os afazeres da vida, mais aos pouco tudo se ajeita.
    Uma ótima semana!
    Abraços !

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010