segunda-feira, 16 de setembro de 2013

"O GAMANÇO"

Do passado ainda ferida!
No presente duvidosa
A esperança desiludida
Da promessa mentirosa.

Com o futuro preocupada
A esperança não sossega
A confiança, desconjugada
Da mentirosa promessa.

 Ambas com igual quinhão
No seio da comunidade
Nunca ausente a saudade
A lembrança também não.

Não se deixa apanhar!
O gamanço anda à solta
Não precisa de trabalhar
Sem azeite não come açorda!

4 comentários:

  1. Quando falas em gamanço, não te estás por acaso arreferir aos Politico? Acredito que não, será mais aos carteiristas e companhia!
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  2. Já viram que agora os carteiristas que andam no gamanço, são aqueles a quem os políticos mais roubaram, os professores passam a assaltar bancos e a GNR assalta as casas que lhe são confiadas durante as férias, não estamos no Brasil mas vamos lá.

    ResponderEliminar
  3. Os jornalistas lusos não têm mais que fazer do que tentar adivinhar o que o governo vai fazer no mês que vem.
    Assim sendo já me estão a cortar na reforma do ano que vem, mesmo sem saberem o que se vai passar com o Orçamento de Estado.
    Estão pior que o Vitor Gaspar! Fooooooska-se!!!!!!!

    ResponderEliminar
  4. Pudera, está lá uma ratoeira
    O espertalhão vingativo
    Lixa-nos de qualquer maneira
    Para isso o outro foi promovido!

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010