domingo, 22 de setembro de 2013

"ENVENENADA!

Chegou a envenenada!
Para mais veneno lançar
Diz ela não ser a culpada
Com palavrinhas de embalar
Cada vez mais puxa acorda
Para a todos nos enforcar.
A envenenada perigosa...
Tem desta gente tanta piedade
Apressada, não se leva a ranhosa
Desconhecedora da realidade
Organização conflituosa.
Causadora da desigualdade...
Os abutres lhe abriram a porta
A todo o vapor penetrou
 Porque, tanto gosta do manjar
Ficar por cá mais tempo já pensou.
Enquanto a mama durar...
Os adormecidos não acordou
Amiga deles, não os quis incomodar!

4 comentários:

  1. E será que algum dia o povo acorda?
    Um abraço e resto de bom Domingo.

    ResponderEliminar
  2. Ela diz que gosta muito de vir a Portugal e também á Grécia, para ouvir o Povo manifestar-se, pode ser que numa próxima visita não se fique só por manifestações e que lhe atirem algum ovo nas trombas!
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  3. Quem se deixa cair nas mãos dos agiotas é parvo e como parvo que é merece ser tratado.
    Talvez nos sirva de liçao!

    ResponderEliminar
  4. Embora eu não saiba de quem se trata, eu posso imaginar!
    Aqui nós temos uma que nos faz passar muita vergonha! Só fala besteira e não tem competência alguma...

    Beijos

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010