quarta-feira, 24 de julho de 2013

"CONTRARIADO"

Para longe da tua terra
Foste contrariado
Empurrado para a guerra
Não foste ferido nem condenado
Porque sorte tiveste
Herói! Nobre soldado!
Que um dia partiste
Para desconhecido lugar
No paquete pátria, tão triste
Pelo oceano a navegar.
Voltaste de onde partiste
Encontraste tudo na mesma
Desembarcaste e sorriste
Em Lisboa, cidade portuguesa!

Capital do teu país
Situada à beira do Rio Tejo
O destino assim o quis
De comboio para o Alentejo.

Voltaste para Lisboa
Na construção civil a trabalhar
Procuraste vida boa
Por ela continuas a esperar!

5 comentários:

  1. Um bom capítulo da tua história em versos bem rimados. Vai continuando que em breve terás as tuas memórias completas.

    ResponderEliminar
  2. Também viajaste no Vera Cruz, com três piscinas à escolha e viagem à borla, que mais querias amigo?
    Como vês já tenho o meu brinquedo operacional, problema resolvido!
    Até sábado com o meu abraço

    ResponderEliminar
  3. Viajei no Vera Cruz, dizes que tinha três piscinas. Tinha, mas não tive o direito de lá entrar. Não era oficial nem marinheiro, era e sou um sincero cavalheiro. Juro por minha honra cumprir, com lealdade, todos os compromissos para os quais acabei de ser nomeado!

    ResponderEliminar
  4. Sim, havia na altura, uma certa descriminação de (passe o termo) "de castas castrenses"... Lembro-me de ter feito "uma visita de estudo" ao Vera Cruz e encontrar o pessoal do Exército em condições lamentáveis no porão.

    ResponderEliminar
  5. Por causa deste post... Fui dar uma volta pelo You Tube e encontrei lá o "Paquete Vera Cruz" num video de poucos segundos... Acho que merece a pena vêr.

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010