quarta-feira, 25 de abril de 2012

NO PERFUME DAS FLORES

A voz da liberdade é aquela que entoa,
colocaram cravos nos canos das armas,
nas  mãos dos soldados portugueses, pelas ruas de Lisboa, 
com as balas nos carregadores,
não era sua  intenção utilizá-las.
Era sim para afastar do poder, político, os ditadores,
em Abril, há trinta  e oito anos, aconteceu,
retirados os espinhos, que deram origem à revolução, 
nos rostos dos vencidos tristeza
sorriam de alegria os vencedores
foi assim que a liberdade se devolveu
no perfume das flores!

9 comentários:

  1. Com o perfume e a beleza das flores se evitam guerras...abraços de bom dia pra ti amigo.

    ResponderEliminar
  2. Acabei de escrever no meu blog o que foi para mim essa data que aqui recordas e muito bem. Para mim, apesar do que nos está a acontecer, o 25 de Abril valeu a pena.
    Um Abraço
    Virgilio

    ResponderEliminar
  3. Oi amiguinho,tudo bem? Espero que sim!!!
    Não podia deixar de passar por aqui e deseja-lo uma quarta-feira abençoada!
    Abraços fraternos querido e fique com Deus *-*

    ResponderEliminar
  4. E hoje o País está de tal ordem que até S. Pedro tem chorado todo o dia.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Um belo final de semana pra ti meu amigo..abraços fraternos.

    ResponderEliminar
  6. Um bom sábado pra ti meu amigo...abraços.

    ResponderEliminar
  7. Edu, que delicia de poesia vc deixou no meu blog!! Até corei!
    Uau! Obrigada por este presente!
    Vou fazer um post especial para em agradecimento.
    bjs
    juliana

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010