quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

«NO PAÍS DE CAMÕES»

Neste país, à beira mar plantado
Onde se fala a língua de Camões
Está sendo, muito, mal governado
Ultimamente, só falam em milhões
Nem todos reclamam os seus direitos
Para alguns há isenções 
Com exagerados defeitos
Temos um governo, perito em confusões
A TAP, não vai cumprir
Não são minhas invenções
O governo, se deveria demitir
Antes de dar maiores trambolhões 
Os funcionários da CGD, saíram à rua
Porque dizem ter direitos contratuais
O descontentamento continua
Os do banco de Portugal
Dizem ter regalias espaciais
Mas que governo, é este afinal
Que tira a quem tem menos, para dar a quem tem mais!

9 comentários:

  1. Oieee,olha eu denovo aqui!!!
    Vim aqui no seu cantinho desejar-lhe um dia maravilhoso!
    Abraços e fique com Deus ;D

    ResponderEliminar
  2. Os teus versos estão cada vez melhores.
    Com jeito e paciência ainda roubas o lugar ao Camões.
    Abraço!!!!!

    ResponderEliminar
  3. Como dizia o outro, mudaram, as moscas, mas a m... é a mesma, este governo é a continuação dos anteriores, os mesmos interesses, a mesma clientela e a mesma gente
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  4. Camões, e sua alma gentil, porque partiste tão cedo desta vida. Descontente repousa lá no Céu eternamente, e viva eu cá na terra sempre feliz e contente!

    Quando ele um dia voltar,
    Alegres campos. verdes arvoredos
    Seus versos e amores encontrar
    Águas de cristal, discorrendo nos rochedos.

    Como Camões, não há igual,
    O pai da língua que falamos
    Ao mundo levou o nome de Portugal
    Felizes por ele continuamos!

    ResponderEliminar
  5. Ora aqui está, mais um português, não do nosso tempo mas imortal, Camões ficou na história, não por mexer no nosso bolso, mas por ter levado o nome de Portugal aos 5 cantos do mundo!

    ResponderEliminar
  6. Não pense que aqui a coisa é diferente
    A maioria do povo não está contente
    Temos governantes tão imcompetentes
    Que acaba mexendo com os nervos da gente...

    Os bancos daqui roubam pra valer
    As taxas que cobram só nos faz sofrer
    O país é grande e tem muita riqueza
    Mais o que aumenta mesmo é a pobreza

    O país é rico mas o povo não
    E agora voltou a tal da inflação
    Que será de nós e de nossa nação
    Se não tiver um fim a ral corrupção!

    KKKK não tenho o seu talento em fazer versos mas não custar tentar não é?

    Beijão

    ResponderEliminar
  7. Corrigindo a última frase do último verso "tal corrupção"

    bjussss

    ResponderEliminar
  8. O nosso aqui também, onde falamos a mesma língua de Camões, também somos muito mal governados...abraços de bom final de semana pra ti amigo.

    ResponderEliminar
  9. Passei para desejar um excelente dia,

    se puder,

    Vote no ANTENA PARABÓLICA? É só clicar na lateral no nome do Blog.
    http://bestblogawards-superidolos.blogspot.com/2012/01/votem-no-best-blog-awards.html

    beijos

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010