segunda-feira, 22 de agosto de 2011

TEMPORAL!

Nas altas ondas do mar,
Pelo, forte, vento causadas
Cristas a olhar
Para terra se dirigiu
Fortemente, assoprar
Muito destruiu
Por onde ia a passar
Aos apelos acudiu
Sem diminuir de intesidade
Muito fez tremer
Sem, a  alta, velocidade
Não se pode vencer
A chuva está a chegar
Muita água vai correr
Vão as terras alagar
E os rios encher
Para as botas gaspear
Ficamos sem saber
Por onde iremos andar
Continuam portas a bater.

14 comentários:

  1. O grandes vendavais da vida meu amigo,,,abraços de bom dia pra ti...

    ResponderEliminar
  2. Portas a bater em todo o Mundo, mas acho que nem S. Pedro lhe vai valer, porque a tempestade veio para ficar, pelo menos por enquanto!
    O meu Abraço

    ResponderEliminar
  3. Olá querido padrinho!
    Que beleza este seu poema! Gostei imenso.

    Passei para lhe ler mas também para lhe desejar uma boa semana.

    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  4. Belo poema Eduardo!.. Gostei :)

    Beijoquinhas super em seu coração..
    Verinha

    ResponderEliminar
  5. Estou de acordo com os dois primeiros comentários. A tempestade veio para ficar e com tendência a piorar.
    O mundo está a tornar-se um local muito pouco recomendado para habitar.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  6. Um belo dia pra ti meu amigo...abraços...

    ResponderEliminar
  7. Oi Eduardo. Vi seu recadinho tão cheio de ternura lá no Solidão de Alma e caminhei no seu rastro para conhecer seu blog. Abraço suas letrinhas e deixo carinho e admiração, aqui, no seu cantinho. Beijos, volte sempre.

    ResponderEliminar
  8. Padrinho..
    Eu acabei de postar o blog volto aqui mais tarde agora vou é chorar mesmo.Te amo

    ResponderEliminar
  9. Meu Querido Padrinho...
    Certamente viu o desconforto que fiquei diante da critica .
    Eu não falei em momento algum quem era a pessoa nem de qual Pais.
    com certeza devem ter voltado na postagem anterior e viram quem é e qual Pais.
    Padrinho o que mais dói é esse tipo de critica é o mesmo que racismo .
    Aqui no Brasil tem lei para esse tipo de crime hoje não se pode escrever o que vem na cabeça mais.
    Aqui muitos já entraram na justiça e varios já tiveram que pagar por danos morais.
    Padrinho um pouco de mim dessa vez foi a publico.
    E você tem razão eu trabalhei muito e ajudei com carinho e palavras de conforto muitas pessoas .
    Era muito querida por tratar como amor os doentes .
    Eu ganhava dos familiares muitos francos ovos rsrs era a maneira que tinham de retribuir meu carinho.
    Como tinha 2 filhas para criar eram bem vindos os ovos e frangos.
    E cuidava de doentes a noite para ganhar um pouco mais assim vivi por anos.
    Na verdade era bom tudo aquilo amava tudo que fazia.
    Certa ocasião trabalhei na construção de um Silos tinha quase mil funcionários a firma contratou um médico e eu de enfermeira para evitar muitos atestados .
    O médico vinha uma vez na semana
    todo dia tinha fila de paciente para injeção e curativos.
    E antes de entrar no hospital fui com uma equipe de enfermeira e enfermeiros trabalhar um mês na construção de uma hidrelétrica lá sim vi coisa triste muito acidente de trabalho.
    era longe mais foi proveitoso esse estagio e aprendizado para sermos seres humanos melhores.
    Agora vem um pessoa me dar aulas sou muito emotiva chorei muito por conta disso.
    Eu cheguei a pedir para minha filha postar meu afastamento nos blogs.
    Foi vc a salvação vi segundos antes da sua visita no blog .
    Obrigada por me honrar dessa forma como padrinho serei grata até o FIM.
    Uma noite abençoada beijos da afilhada que muito te ama,Evanir.

    ResponderEliminar
  10. Amigo

    O Meu livro o meu amor...
    deixo para ti com carinho
    De Aveiro para o Alentejo...

    ....
    Um livro é sempre um passo em frente na nossa vida.
    Este meu livro tem um sabor especial.
    é o meu mimo às crianças que diariamente comigo estiveram e estão nas escolas por onde passo.
    Coloquei nos contos, um encantamento especial espero que entre no vosso coração.

    Um beijo

    Cidalialaranjo@yahoo.com.br

    ResponderEliminar
  11. Minha afilhada! Evanir.

    Ao que lhe aconteceu
    esta é a minha resposta!
    A luz se acendeu
    De seguida se apagou
    Ficou sem se ver
    Porque não iluminou!


    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  12. Um belo dia de muitos versos pra ti meu amigo...abraços.

    ResponderEliminar
  13. Eduardo, grata pelas palavras. Linda poesia naturalista, linda. Parabéns.
    Uma boa noite a você também.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  14. É de Compadri.
    Parabéns
    Está na minha modesta opinião excelente.
    Um abraço molhadinho da água do nosso Lago sem provocar constupações ou apanhadite.
    Continua e muita força.
    A Gente precisa.
    Como bem sabem eu desconhecendo as razões tenho de comentar como anónimo, o que detesto.
    Valdemar Ferreira Marinheiro

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010