terça-feira, 5 de julho de 2011

MILITAR, PARA SUA PÁTRIA DEFENDER!

                           Aquele lugar onde nasci
                             Lá gostaria de morrer
                            Tenho andado a pensar
                              Penso, mas, não digo
                              No lugar onde resido
                              Nasci para trabalhar
                              Também para sofrer
                           Não nasci para explorar
                                 Nasci para viver
                          Sou feliz por, saber, amar
                            Justas causas defender
                          Pela minha Pátria fui lutar
                     Estou feliz por continuar a viver.

7 comentários:

  1. Também eu, gostaria de morrer no lugar onde nasci, mas será que lá morrendo terei uma morte digna? num local onde como á cem anos nem uma aspirina se vende para uma simples dor de dentes? com a desculpa da crise não é de crer que as coisas irão melhorar, antes pelo contrário, e essa situação de falta de tudo assusta-me, apesar de tudo por aqui se nos dá uma dor de barriga ainda temos onde recorrer, assim sendo vou por aqui ficando, pois as minhas raízes também por aqui estão.
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  2. Eduardo,
    faz poesias à vida que a morte não o merece.
    Essa há-de chegar um dia, mas nem vale a pena pensar nisso!

    ResponderEliminar
  3. É o amor que se tem pela própria bandeira,,,abraços de bom dia pra ti meu amigo.

    ResponderEliminar
  4. Querido padrinho desculpa minha ausência tenho visto tudo que tem me enviado por email e agradeço de coração.
    Tenho feito visitas aos poucos e levando cola estou com muita dificuldade de digitar e a noite ñ estou aguentando ficar no pc, aqui esta muito frio .
    Já ñ é facil sem frio agora então ficou pior até as postagens estou dando espaço de tempo para postar.
    Vim trazer noticias minha.Um beijo no coração da afilhada,Evanir,,

    ResponderEliminar
  5. Um belo dia pra ti meu amigo...abraços.

    ResponderEliminar
  6. Amor à vida, isso é o que importa. Belo poema, Edu. Beijos!

    ResponderEliminar
  7. Eduardo querido, que texto belo este, sou esposa de militar e me emociono cada vez que leio sobre o assunto...
    Só nao tenho este dom maravilhoso que tens para fazer poesias lindas de simples palavras....
    Abraço meu querido, muito obrigada pelo carinho!
    Bom fim de semana a vc também!
    Valeria

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010