sexta-feira, 17 de junho de 2011

TRISTE TARDE EM NOVA COIMBRA

                                  EM MOÇAMBIQUE
                             Numa triste tarde de Maio
                        Quem por Nova Coimbra passou
                       A tristeza, a morte, que espreitava
                        Algo estranho numa tarde ficou
                                Naquela tarde medonha
                           Quando a morte perto estava
                          Uma bala, disparada, estranha
                        De um ao outro lado atravessou
                                    Lhe feriu o coração
                              Do ferimento não resistiu
                            Tendo morte quase imediata
                        Do que aconteceu pouco se falou
                           Tarde triste, cinzenta, de maio
                            Naquela triste tarde medonha
                      Caiu de morte, muito sangue perdeu
                            Nosso camarada Vasconcelos
                           Foi em maio que naquela triste
                          tarde, em Nova Coimbra morreu

11 comentários:

  1. Foram muitos os Vasconcelos que tiveram esse fim, foi uma geração sacrificada em troca de nada.
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  2. Lembro-me bem desse dia terrível,um dos piores vividos em Moçambique. Um pelotão de Fuzileiros veio de Metangula para nos ajudar a ir buscar os mortos da Companhia de Cavaleria 7 de Espada que cairam na emboscada.Um dia para esquecer que não esquece. Lá vamos vivendo com as recordações,
    Bom fim de semana,
    um abraço

    ResponderEliminar
  3. Querido Padrinho Eduardo..
    Li seu poema tão triste de recordação de uma guerra.
    Por tudo que leio nos blogs referente a esse tempo de guerra percebo que na volta pra casa veio junto na mala tristes e boas recordações tudo em sua proporção.
    Padrinho segunda feira o livro segue viagem .Os do amigo Daniel demorou um mês para chega aqui.Creio que será o mesmo tempo para chegar ai também.
    Espero que goste do livro é de coração que esta sendo enviado.
    Um beijo no coração da sua afilhada,,Evanir

    ResponderEliminar
  4. A célebre Companhia «Sete de Espadas» foi uma das mais martirizadas unidades do Exército na zona do Niassa. Contavam-se histórias aterradoras a respeito do estado psicológico em que ficaram os sobreviventes.
    Lembro-me bem de ouvir falar desse caso.

    ResponderEliminar
  5. Imagens sombrias de guerra meu amigo, que jamais sairão da retina...grande e fraternos abraço de bom sábado pra ti.

    ResponderEliminar
  6. Querido Padrinho..
    Hoje venho deixar- te um beijo carinhoso não tive como postar ontem a noite nem tudo na vida sai de acordo como planejamos.
    E só agora consegui me sentar aqui um pouco para passar em alguns blogs que passo todos os dias .
    Uma linda noite padrinho querido beijos da afilhada ,Evanir.

    ResponderEliminar
  7. Um belo domingo e uma semana de muita paz pra ti meu amigo..abraços fraternos.

    ResponderEliminar
  8. Olá Padrinho Eduardo!
    Pois, naquuela epoca muitos tiveram um fim triste.

    Um grande Abraço e uma boa semana.

    ResponderEliminar
  9. Um belo inicio de semana pra ti meu amigo,,,abraços fraternos.

    ResponderEliminar
  10. Querido Padrinho..
    Li e vi seu desconforto na mensagem do blog a Viagem.
    Minha unica tristeza é a falta de informação ..
    www.evanir-garcia.zip.net

    Eterno Amor.
    Esse é o blog que você é meu Padrinho com muita honra ..
    E no que depender de mim nada muda nossa amizade .
    Eu já disse várias vezes que tive medo de deixar recado no seu blog quando descobri você nessa imensa blogosfera.
    Eu senti um respeito sem limites um blog onde só vi respeito e carinho entre amigos de guerra .
    E achei que estaria invadindo sua privacidade em deixar recado.
    Fui tão bem acolhida por você sofremos juntos a dores das nossas familias muito orei por você sabendo da situação que se encontrava queria de alguma forma consolar e neutralizar seu sofrimento.
    Depois foi eu com minhas duas filhas ai foi você do meu lado.
    Creia meus Padrinho é muito dificil não gostar de uma pessoa como você.
    Eu jamais farei qualquer coisa que venha magoar ninguém nem virtualmente nem na vida fora da telinha .
    Na verdade a telinha sem face mostra a verdadeira face das pessoas que convivemos dia após dia.
    Foi triste ver um comentário daqueles no meu blog e na traição pois enquanto sujava meu blog esse rapaz sem nenhum pudor eu tentava mesmo com dor dormir ..
    Eu vou mandar um email para você meu Padrinho.
    Tenho você na minha mais alta estima e acima de tudo respeito.
    Um beijo no seu coração Padrinho querido beijos e beijos da afilhada e amiga para sempre,,Evanir..

    ResponderEliminar
  11. Foi um dia muito triste para todos nós na CCS do 598 e, ironia do destino, o Vasconcelos havia escapado, meses antes, a esse trágico fim no velho aeroporto de Vila Cabral quando o sentinela de turno disparou sobre os colegas que descansavam.
    Recordo-me também de que a Companhia "7 de Espadas" foi, naquele tempo, muito sacrificada nas picadas do Niassa.

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010