terça-feira, 7 de dezembro de 2010

PEQUENA HISTÓRIA DE UMA CADELA CHAMADA "LASSIE"

Vou contar uma pequena histório de uma cadela chamada Lassie, que acompanhou seu dono, nas viagens de ida para Moçambique, e regresso a Lisboa  e, ainda, durante sua comissão de serviço militar, no Distrito do Niassa, a norte de Moçambique. integrado no Batalhão de Caçadores 598, de Outubro de 1963 a Março de 1966, a qual em todos os momentos esteve junto de  seu dono. Furriel Miliciano, António da Fonseca Abrantes "Tóny". Participou em vários desfiles militares ao lado do seu dono, sempre vaidosa. Na frente da força militar que integrava no desfile. Também, algumas vezes, ajudou nas caçadas referentes às  batidas efectuadas  quando dos  testes aos jeeps conduzidos pelo furriel miliciano, mecânico Joaquim Leiras segundo disse o mesmo. Bem comportada e disciplinada, nunca tendo infringido o Regulamento Disciplinar Militar. Sempre pronta para participar em qualquer missão, que lhe viesse a  ser atribuida. A Lassie, como  exemplo a seguir da sua raça, faz parte da História do Batalhão de Caçadores 598, a qual pelo seu exemplar comportamento seria digna de louvor. Por em África-Moçambique,  ter colaborado com as Forças Armadas Portuguesas, na defesa da Pátria. No desfile,  aquando da nossa chegada a Lourenço Marques. A Lassie, vai ao lado do seu dondo, na frente do Batalhão. Segundo informou o ex-furriel Leiras, a Lassie era uma collie de pêlo longo e muito macio.

4 comentários:

  1. É uma destas que temos de arranjar para o Virgilio.
    Devo confessar que tenho tido muitos cães e que normalmente me morriam passado um ano e picos. Normalmente eram pastores e só fiquei a saber que isso acontecia por lhe deitar ossos.
    Depois deram-me dois pastores pequenos que eu trouxe, para no caso de me morrer um ficar outro.
    Logo a um pegou-lhe a Sarna, comecei a ir com os dois ao Veternário e já passava dos dois mil Euros que tinha gasto. Acabei por desistir e apenas agora que só tenho um o Vacino anualmente.
    Depois do meru Jólim, nunca mais tive um Cão em condições.
    Sei o que representa um Cão ou Cadela de qualidade não só passamos a gostar deles como lhe ganhamos amor.
    Certamente que se lhr propuse-se uma condecoração e ela tivesse possibilidade de decidir recusava. Acredito que fazia tudo isso por amor.
    Quando se gosta nunca se esquece.

    ResponderEliminar
  2. Pela fotografia parece uma cadela de tamanho respeitável.
    De que raça era ela?

    ResponderEliminar
  3. Olá Valdemar!...

    Sou o ex-furriel Leiras do Batalhão
    598 e, salvo melhor esclarecimento,
    creio que a foto deste desfile não é do nosso Batalhão, porque não me recordo, de alguma vez, termos desfilado com capacete.
    Possuo uma foto do nosso desfile em
    Lourenço Marques no dia 27 de Outubro de 1963 e na qual se vê o Tony (furriel Abrantes)desfilando com a sua "Lassie"que,esclarecendo
    o Tintinaine, era uma Collie de pêlo longo e muito macio.

    Vou enviar ao Eduardo uma cópia da
    referida foto.

    Abraços

    ResponderEliminar
  4. eu tanbem tenho dois cachorrinho que eu gosto muito

    ResponderEliminar

CANCIONEIRO DO NIASSA

IMAGENS DO NOSSO CONVÍVIO, EM 08/10/2011.

IMAGENS DO CONVÍVIO REALIZADO DIA 9 DE OUTUBRO DE 2010